Criação de emprego com carteira assinada cresce 0,23% em Sergipe

0
Construção Civil e Serviços lideraram abertura de vagas (Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Um levantamento feito pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) com base em dados Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) apontou que Sergipe registrou a criação de 649 empregos com carteira assinada no mês de abril, totalizando um aumento de 0,23% em relação ao mês de março.

De acordo com os dados, os setores de atividades que mais contribuíram para este resultado foram a Construção Civil, com a criação de 151 empregos, e Serviços, com 563. O resultado é considerado bastante positivo, já que no mês de março, houve uma queda de 1150 vagas de emprego formal em Sergipe.

Dados nacionais

No Brasil, a criação de empregos com carteira assinada atingiu, em abril, o maior nível para o mês em seis anos. Foram 129.601 postos formais de trabalho. O Nordeste ficou em segundo lugar no ranking das regiões que mais geraram emprego, com 15.593 vagas.

Este ano, a criação de empregos totaliza 313.835 de janeiro a abril e 477.896 nos últimos 12 meses. Tradicionalmente, a geração de emprego é alta em abril, por causa do início das safras e do aquecimento da indústria e dos serviços.

Com informações do Dieese e da Agência Brasil

Comentários