Semana do MEI realiza mais de dois mil antedimentos

0
Semana do Microempreendedor realiza mais de 2 mil atendimentos em Sergipe (Foto: Alfredo Moreira)

De 13 a 18 de abril, um verdadeiro mutirão empreendedor tomou conta do país, na 7ª Semana do Microempreendedor Individual (MEI), realizada pelo Sistema Sebrae e parceiros. Em Sergipe, mais de duas mil pessoas aproveitaram as oportunidades de melhorar o seu negócio, por meio de palestras, oficinas e atendimentos personalizados, em pontos distribuídos na capital e no interior.

Ao longo de toda a semana, o público contou com diversos serviços gratuitos e voltados ao Microempreendedor Individual, a exemplo da formalização de negócios, baixa de documentos, e demais atividades que geraram mais de 2 mil atendimentos, em Aracaju, Estância e Nossa Senhora da Glória.

O evento também promoveu 24 oficinas e 33 palestras para capacitar e orientar aqueles que pretendem melhorar seu negócio. A gerente da Unidade de Atendimento Individual do Sebrae/SE, Débora Aragão, afirma que a edição 2015 do evento trouxe importantes novidades que garantiram o sucesso do projeto.

“A semana do MEI em Sergipe contou com uma grande participação do público que foi atrás do desenvolvimento do seu negócio. Dentre as novidades, o novo aplicativo quipu oferece mais possibilidades de gestão de negócios, permitindo o acompanhamento de vendas e compras, como também informações sobre obrigações e benefícios, de acordo com a legislação”, explica Débora.

O gestor nacional do Programa do MEI, do Sebrae, César Silveira, destaca que a 7ª edição do MEI trouxe um diferencial com relação aos eventos anteriores: a inclusão de polos do interior na realização das atividades. Cerca de 1/3 das novas formalizações tem origem no interior, mostrando a necessidade de fortalecimento do desenvolvimento local de forma mais ampla.

“O que era um evento tipicamente da capital, passou a ser divulgado maciçamente no interior. Portanto, estamos em constante reinvenção, ampliando o nosso portfólio de soluções para esse público, que está cada vez mais diverso e qualitativo. O Sebrae Sergipe é um parceiro muito forte e colaborativo, nos deixando seguros quando adere à causa da Semana do MEI. Espero que a cada ano a gente possa potencializar o sucesso do evento e, sem dúvida, em 2015 foi o melhor ano da semana do MEI”, avalia César.

Formalização do MEI

Todo aquele que trabalha por conta própria e entra na legalidade, torna-se um Microempreendedor Individual. Essa condição é garantida pela Lei Complementar nº 128, de 19/12/2008. Para ser MEI, o empreendedor deve faturar no máximo até R$60.00,00 por ano, não podendo ter participação com outra empresa, como sócio ou titular.

O Microempreendedor Individual tem acesso a diversos benefícios e auxílios que, dificilmente, teria à disposição se ainda se mantivessem na informalidade. De acordo com o gestor nacional do MEI, César Silveira, o Brasil alcança uma média significativa de 1 milhão de MEI’s por ano.

“O MEI é a porta de entrada para a formalização. É nesta categoria onde se tem benefícios significativos, a exemplo de taxas reduzida de impostos, que vão de R$39,40 à R$45,40. O Sebrae está aqui, justamente, oferecendo condições para que o potencial microempreendedor individual entenda o que é o MEI e, assim, faça sua adesão de maneira consciente, dando sustentação à sua vida empresarial”, explica Silveira.

O marceneiro Antônio José Rodrigues, 45, trabalha há 17 anos em seu negócio, porém na informalidade. As orientações e os esclarecimentos quanto aos benefícios de se tornar um MEI, lhe rendeu boas expectativas. “Com o tempo, senti a necessidade de formalizar meu negócio, porque acabava perdendo clientes de natureza jurídica. Além de ser atendido rapidamente, consegui resolver minha situação”, observa.

Parcerias

Foram parceiros do Sebrae na realização do evento os Bancos do Brasil e do Nordeste, a Caixa Econômica Federal, Banese, Prefeitura de Aracaju, Jucese, Ceape, Adema, INSS, Unicred, Corpo de Bombeiros, Fundat, Instituto Federal de Sergipe, Vigilâncias Sanitárias Estadual e Municipal e a Secretaria de Estado da Fazenda, Prefeitura de Estância, Câmara de Dirigentes Lojistas de Estância, Prefeitura de Nossa Senhora da Glória, Câmara de Dirigentes de Nossa Senhora da Glória, Emdagro e Receita Federal.

Fonte: Sebrae

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais