Senac aumentará cursos gratuitos em 2010

0

Diretoria do Senac e representantes de órgãos públicos marcaram presença
Em um balanço feito sobre o ano de 2009, durante café da manhã para a imprensa, o diretor do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Paulo Ediraldo Dias Filho, anunciou que em 2010 a instituição se aproximará mais dos comerciários. Isso porque as ações que promovem gratuidade em cursos e treinamentos nos diversos programas do órgão pretendem atingir a marca de 800 mil horas aulas, superando as 180 mil horas deste ano.

“Trata-se de um compromisso com nosso próprio DNA, cumprindo o princípio fundamental de atender ao nosso trabalhador”, considerou Paulo. Segundo ele, o Senac proporcionará as condições necessárias para que o trabalhador do comércio invista em sua qualificação. Assim, nenhum comerciário pagará mais do que 10% de sua renda em algum curso e os horários serão mais flexíveis.

Paulo disse que o Senac se aproximará mais dos comerciários 
“Para nós o resultado não se traduz apenas em números, porque os cursos são um agente fundamental na transformação da vida dos trabalhadores”, disse Paulo. Ele lembrou, entretanto, que ao adquirir esse caráter mais gratuito, o Senac não vai parar de cobrar pelos cursos ao público em geral. “Serão os que pagam pelo curso que financiarão a oportunidade para quem não pode pagar”, lembrou.

Com as ações realizadas este ano, o Senac atingiu 62 municípios sergipanos. O diretor do Senac ressaltou, ainda, que com a lei que cria a figura do empreendedor individual, pelo menos 300 sergipanos sairão da informalidade assim que a Receita Federal liberar o cadastro em Sergipe, o que deve ocorrer no início de 2010.

Por Diógenes de Souza e Carla Sousa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais