Senado aprova Medida Provisória de Energia Elétrica

0
(Foto: Arquivo Portal Infonet)

Aprovada na última quarta-feira,7, no plenário do Senado Federal em Brasília, a Medida Provisória (MPV) 677/2015 que irá permitir que a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) prorrogue os contratos relacionados ao fornecimento de energia elétrica para indústrias instaladas no Nordeste e classificadas como grandes consumidoras. A extensão prevista na MPV vai até fevereiro de 2037.

A Medida Provisória beneficia diversas indústrias sergipanas e da região Nordeste que compram energia elétrica diretamente da Chesf ou de distribuidoras que fornecem o insumo em uma tensão ou nível de energia maior, ou diferenciado, de modo a suprir as necessidades de produção dos parques industriais, cujo contrato estaria por se encerrar nos próximos meses ou anos.

Para a Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES), a MPV ajudará a mitigar um pouco o impacto negativo dos aumentos sequenciais no custo da energia elétrica que tanto prejudicaram os consumidores industriais que têm esse insumo como essencial, mas ainda não é suficiente.

Agora, a Medida Provisória segue para sanção presidencial. O texto aprovado estende ainda os benefícios criados pela MPV às regiões Sudeste e Centro-Oeste e cria o FESC – Fundo de Energia do Sudeste e do Centro-Oeste, autoriza a subsidiária FURNAS, vinculada ao Ministério de Minas e Energia a negociar energia elétrica a preços competitivos com consumidores dos setores de ferroliga, silício metálico e de magnésio.

Fonte: Unicom/Fies

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais