Sergas atinge sua melhor marca na venda de gás natural

0
A distribuidora sergipana registrou um crescimento de 9% no total de vendas (fotos: César de Oliveira)

A Sergas atingiu em 2016 sua melhor marca na comercialização de gás natural do segmento residencial com um crescimento de 21% em relação ao ano anterior. Foram mais de 3.604 unidades habitacionais que passaram a usufruir dos benefícios do gás natural, totalizando 22.794 residências que atualmente são atendidas pela Sergas.

De acordo com o gerente comercial da Sergas, Pablo Matsuo, esse aumento na venda de gás natural ultrapassou em 5% a meta anual da empresa.  “O considerável aumento do número de unidades residenciais atendidas se deve à compreensão e à comprovação de que o gás natural é uma energia limpa, econômica e com fornecimento contínuo através de gasoduto”, afirmou o gerente.

Já com relação ao gás natural do segmento comercial, a distribuidora sergipana registrou um crescimento de 9% no total de vendas a estabelecimentos comerciais que são usuários dessa energia. Nesse caso, a Sergas atende pequenas, médias e grandes empresas e o número de estabelecimentos comerciais que solicitam o fornecimento de gás natural é cada vez maior.

Em 2016, o segmento residencial cresceu 21% 

No segmento de gás natural veicular, a Sergipe Gás também alcançou no ano passado um significativo crescimento na comercialização desse combustível para veículos automotores. Devido a esse incremento, a Sergipe Gás passou a ocupar a 6ª posição no ranking nacional das distribuidoras de gás natural na venda per capta por posto de combustível. Outro dado registrado em 2016 foi o 11ª lugar ocupado pela Sergas na comercialização do gás natural veicular em todo o país. Esses números foram divulgados no último relatório de outubro da ABEGAS – Associação Brasileira de Distribuidoras de Gás Natural.  

Fonte: Ascom Sergas

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais