Sergipe busca investimentos no Oriente Médio

0
Saumíneo Nascimento (Foto: Arquivo Portal Infonet)

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), Saumíneo Nascimento, viaja nesta semana ao Oriente Médio, a fim de manter contatos com investidores e apresentar Sergipe como destino viável para negócios comerciais. Saumíneo representará o governador Marcelo Déda, atendendo ao convite feito pelo ministro Fernando Pimentel, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), e pela Embaixada dos Emirados Árabes Unidos no Brasil.

Na oportunidade, Saumíneo fará visitas a empresas, dentre elas o business park da TECOM Investments (membro da Dubai Holding) e ao Road and Transport Authority (RTA), dois grandes empreendimentos localizados em Dubai. As visitas são oferecidas pela organização do Annual Investment Meeting (AIM) – Reunião Anual de Investimento.

“Também faremos uma apresentação sobre o Estado de Sergipe, destacando as suas potencialidades, a Política Sergipana de Desenvolvimento Industrial (PSDI) e os respectivos incentivos (fiscais, locacionais e financeiros), bem como rodadas de negócios com investidores não só do Oriente Médio, mas de diversas outras regiões do mundo”, explica Saumíneo.

De acordo com o secretário, já há uma agenda específica com grupos empresariais do Oriente Médio que inclusive virão ainda este ano a Sergipe. “Já fizemos contatos preliminares com empreendedores de lá que manifestaram interesse em investir no Estado. Essa visita irá servir para estreitarmos ainda mais esses laços comerciais”, enfatizou.

Segundo ele, além da participação no evento, que acontece entre os dias 30 de abril a 02 de maio, no Centro Internacional de Convenções e Exposições de Dubai, a missão brasileira terá desdobramentos com visitas ao Sultanato de Oman e ao Reino Unido do Bahrain. “A agenda será composta de reuniões com as Câmaras de Comércio e com representantes de governo que estejam incumbidos de ações para o comércio exterior e investimentos internacionais”, explicou Saumíneo Nascimento.

O evento

O AIM é o primeiro evento de Investimentos Estrangeiros Diretos (FDI) com duração de três dias na região e inclui uma conferência de lideranças executivas, uma mesa redonda ministerial, apresentações nacionais, oficinas, visitas e exposições. O evento se apresenta como estimulador dos novos mercados emergentes para Investimentos Estrangeiros Diretos (FDI), incubador de economias de rápido desenvolvimento e parceiro líder de nações semi-industrializadas.

Uma delegação de setenta participantes brasileiros, de todos os estados, estarão nesta viagem, destacando-se Ministros, Presidentes de Órgãos Federais, Confederação Nacional da Indústria (CNI), Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Ministério das Relações Exteriores, Empresários brasileiros, técnicos, etc.

A missão do evento é proporcionar aos participantes do setor público e privado um ambiente exclusivo capaz de promover discussões produtivas, o intercâmbio de visões e experiências, com a intenção de melhorar o entendimento comum de questões multilaterais de comércio e investimento, a governança econômica e a cooperação estratégica. A terceira edição da Conferência AIM vai integrar discussões de alto calibre sobre o futuro da globalização e suas implicações sobre os investimentos estrangeiros diretos, além das perspectivas de desenvolvimento e emergentes mercados de fronteira.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais