Sergipe já registrou oito assaltos e arrombamentos a bancos este ano

0

Em 2008, a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe chegou a comemorar 21 meses sem assalto a bancos no Estado. Porém, os assaltos a Canindé de São Francisco e Propriá, no final do ano, puseram fim ao período de tranqüilidade aos bancários. Este ano, já houve oito casos, entre  roubos e tentativas, sem incluir as famosas saidinhas de banco.

Segundo o Sindicato dos Bancários (SEEB/SE), a sequência de 2009 começou em janeiro, com uma invasão à agência do Banco do Nordeste do Siqueira Campos, em Aracaju; seguida em fevereiro, com o arrombamento do cash do Itaú, na Orla de Atalaia; em março, foram roubados 21 malotes com cheques e documentos (11 do Banco do Brasil, cinco do Banese, três da CEF e dois do Bradesco); em abril, vários homens arrombaram o cash do BB de Pinhão, e tentaram assaltar as agências bancárias de Moita Bonita e de Salgado; em maio, uma quadrilha assaltou o BB de Ribeirópolis; agora em julho, bandidos assaltaram a agência do BB de Carmópolis, e arrombaram a agência do BB de Riachão do Dantas, mas tiveram que fugir sem levar nada.

Com a prisão da quadrilha especializada em arrombamentos de banco, na madrugada do último sábado, 11, por policiais do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) e da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol), o SEEB/SE espera mais tranqüilidade para os trabalhadores bancários.

Foram presos cinco homens e duas mulheres – um de Sergipe,  acusado de fazer o levantamento dos bancos no Estado. Eles chegaram a alugar uma casa no bairro Coroa do Meio, em Aracaju, e foram presos quando tentavam arrombar uma agência bancária em Paripiranga, na Bahia. Segundo a polícia, a quadrilha vinha agindo nos Estados de Santa Catarina, Rio Grande Sul, Paraná, Alagoas, Bahia e Sergipe.

Comentários