Sergipe registra déficit de US$ 14,5 milhões

0

O mês de novembro registrou déficit nos último quatro anos
A balança comercial de Sergipe, de acordo com os dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), registrou déficit comercial de aproximadamente US$ 14,5 milhões em novembro de 2010. No mesmo período do ano passado, o déficit apresentado foi menor, US$ 7,5 milhões. O relatório foi divulgado na tarde desta sexta-feira, 17.

Nos últimos quatro anos, as balanças comerciais de Sergipe dos meses de novembro registraram déficit. O menor déficit (US$ 2 milhões) foi registrado em 2007, quando as exportações do mês somaram US$ 9 milhões e finalizaram o ano com total de US$ 144 milhões. Em 2010, o mês de novembro contabilizou a maior atividade deficitária da balança comercial no período analisado. As exportações de Sergipe diminuíram 28%, se comparadas ao mês anterior (em outubro deste ano foram exportados cerca de US$ 7,7 milhões), no entanto apresentou crescimento de 22% em relação ao mesmo mês do ano passado.

Suco de laranja continua sendo o principal produto de exportação
No acumulado do ano, as exportações alcançaram mais US$ 66 milhões, 20,5% a mais do que no ano passado, quando foi exportado pelo estado cerca de US$ 55 milhões. As exportações sergipanas deste ano representam 0,04% de toda a exportação nacional (US$ 181 bilhões) e 0,46% das exportações nordestinas (US$ 14,3 bilhões) também em 2010. Tanto as exportações nacionais, quanto as exportações do Nordeste registraram crescimento, de 30% e 36% respectivamente.

As importações deste ano cresceram 20% (US$ 171,5 milhões) relacionado ao ano passado (US$ 142 milhões). As importações sergipanas respondem, até novembro de 2010, por 1,08% das importações nordestinas (US$ 16 bilhões) e 0,10% das importações nacionais (US$ 166 bilhões). Em todos os agregados geográficos selecionados, as importações cresceram, com registro de 43,9%, 62,7% e 20,7% para o Brasil, Nordeste e Sergipe, respectivamente.

O suco de laranja continua sendo o principal produto exportado por Sergipe. Até novembro deste ano, as vendas deste produto para o comércio exterior tiveram um aumento de mais de 56% quando confrontadas com o mesmo período do ano passado, sendo registrados para este ano mais US$ 28 milhões em exportações. Dois tipos de calçados estão entre os cinco principais produtos e, juntos, responderam por quase US$ 16 milhões das exportações até o momento, tendo o calçado de material têxtil um crescimento de 240%.

O açúcar, este ano registrou decréscimo de cerca de 28% nas exportações; em 2010 foram exportados quase US$ 5  milhões enquanto que em 2009 foram exportados mais de US$ 6,5 milhões. O açúcar de cana em bruto foi a surpresa da lista de exportados, sendo comercializado pela primeira vez em 2010 em mais de US$ 3,5 milhões. Vale destacar que este ano ainda não foi registrada exportação de cimento não pulverizado, que até novembro de 2009 havia registrado vendas de mais de US$ 10 milhões.

A Holanda continua sendo o principal destino das exportações sergipanas, assim como outros países europeus, destacando-se Bélgica, Espanha e Itália. Países sul-americanos também tem relevância entre os principais países importadores de produtos sergipanos. A Síria pela primeira vez surgiu na lista de destino das nossas exportações nesses dois anos.

Com informações da FIES

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais