Sergipe registrou crescimento da produção de Gás Natural

0
A produção de gás natural, ultrapassou os 539,1 mil bep

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), mostrou que a produção de petróleo no estado, em agosto de 2016, aproximou-se dos 926,3 mil barris equivalentes de petróleo (BEP), ficando 3,1% abaixo da produção do mês anterior, julho último. Já no comparativo anual (agosto/2015), a retração ficou em 7,4% na produção.

No acumulado do ano, a produção de petróleo em Sergipe ficou em 7,7 milhões de bep, um recuo de 10,6% em comparação com o mesmo período do ano anterior, quando o mesmo havia atingido um montante de 8,6 milhões de bep.

Foram produzidos pouco mais de 251,6 mil bep em mar, um crescimento de 1,2% em comparação com o mês imediatamente anterior, julho de 2016, já na comparação com o mesmo mês do ano anterior, a produção ficou 24,1% maior. A produção em mar respondeu por 27,2% da produção total. Já a produção em terra, que responde pelos 74% restantes, apesar de ter passado dos 674,6 mil bep, ficou 4,6% abaixo da produção do mês anterior (julho/2016) e 15,4% menor que a do mês de agosto de 2015.

Produção de Gás

A produção de gás natural, no mês de agosto de 2016, ultrapassou os 539,1 mil bep, mostrando um crescimento de 1,4%, na comparação com o mês imediatamente anterior, julho último. No comparativo anual, a produção apresentou um crescimento de 75%, em relação ao mesmo mês do ano passado, quando o valor da produção foi de 306 mil bep, a segunda menor produção mensal registrada em 2015.

No acumulado do ano, a produção ultrapassou o montante 4,1 milhões de bep, crescendo 7,3% em comparação com o mesmo período do ano passado. A produção em Mar segue como a principal forma de exploração do gás natural em Sergipe, com uma produção de 509,3 mil bep, responsável por 94,5% do total produzido no estado. Enquanto a produção terrestre ficou em 29,8 mil bep, o que representou 5,5% da produção.

Fonte: UNICOM/FIES

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais