Sergipe teve um aumento de 1,61% nas taxas de emprego

0

De acordo com levantamento feito pelo Dieese com dados do Caged, o mercado de trabalho de Sergipe apresentou, em setembro, um aumento no número de empregos formais. Foram criadas 3.027 vagas de trabalho, o que equivale a um aumento relativo de 1,61%.

 

Foram admitidos 8.232 trabalhadores no Estado e demitidos, 5.205. Serviços foi o setor que mais admitiu e mais demitiu no período, foram contratadas 2.132 e desligadas 1.612. Outros setores que também contrataram muito foram indústria de transformação (1.717), comércio (1.442) e agropecuária (1.407). Já os que mais demitiram foram comércio (1.098) e construção civil (967).

 

Aracaju

 

Aracaju teve um crescimento no número de empregos formais ainda mais tímido do que o de Sergipe, com um aumento relativo de 0,77%. Foram admitidos quatro mil trabalhadores e desligados 3.130 em setembro passado. Também na capital o setor de serviços foi o que mais admitiu e demitiu pessoas, 1.639 e 1.171, respectivamente.

Comentários