Sertanejo comemora período chuvoso

0

Plantações de milho e feijão nas regiões
Nas últimas semanas, o sergipano tem acompanhado as notícias de tristeza e prejuízo causados pelas fortes chuvas que assolaram algumas cidades do estado. Mas as mesmas águas que trouxeram dor, proporcionaram esperança e progresso a algumas áreas que sofreram com a estiagem prolongada entre o fim de 2008 e os primeiros meses deste ano.

Quem passa pelo caminho da Rota do Sertão já percebe a mudança de dentro do veículo. A vegetação antes seca e o solo rachado deram lugar ao verde das plantações de milho, feijão e outros alimentos. O gado, que sem alimento morria ou

Seu Oviêdo está animado
agonizava, agora anda bonito e imponente pelos pastos do sertão sergipano, voltando a proporcionar leite, carne e derivados às comunidades locais.

No dia 31 de março, o Portal Infonet esteve em algumas cidades afetadas pela seca e retratou o cotidiano de dificuldades da população rural destes municipios e que acabava afetando a economia local. A reportagem emocionou os internautas e estimulou o início da campanha ‘Amigos do Sertão’, que arrecadou donativos para serem entregues às vítimas da estiagem.

Nesta semana, a equipe de jornalismo voltou a alguns pontos visitados e presenciou a felicidade

Verde colore paisagem antes seca
estampada no sorriso de seu Oviêdo, pequeno agricultor que perdeu gado e safra de feijão para um inimigo implacável: o clima seco. Na cidade dele, Poço Redondo, não caiu uma gota de água do céu durante oito meses aproximadamente.

“Agora tá uma beleza. Deu pra pantar milho e feijão e já tamo [sic] reservando água pra caso houver seca de novo nesse ano ainda. Deus mandou esse presente do céu pra gente, por que vocês mesmo viram que a gente precisava”, disse seu Oviêdo. Segundo ele, o milho não deverá ser assado na fogueira de São João, já que não choveu no dia de São José. “Só em agosto”, conta.

Esta era a imagem na região há dois meses
O Portal Infonet também voltou a Canindé de São Francisco, Monte Alegre de Sergipe e Nossa Srª da Glória, onde a paisagem de plantações verdes e gado gordo vista em Poço Redondo também se faz presente. De acordo com previsões da meteorologia, continua a chover no sertão sergipano em junho, mas só em julho deve cair de forma intensa. Em setembro a chuva dá uma trégua.

Por Glauco Vinícius    

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais