Servidores da Justiça querem reajuste com mesmo percentual dos juízes

0

Os servidores do Judiciário, em Sergipe, fizeram um ato nesta quarta-feira, 30, em cobrança por reajuste salarial semelhante ao dos juízes, de 16%. A categoria diz que só teve aprovado reajuste de 3,5% e alegam defasagem salarial.

Confira a matéria completa no vídeo:

Por meio de nota, o Tribunal de Justiça se posicionou 

O Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) esclarece que o expediente desta quarta-feira, 30/01, segue normal em todo o Estado, inclusive com a realização das audiências agendadas.

Informa também que a política de valorização dos servidores tem continuidade mesmo num cenário de crise econômica no Estado e no país. Prova disso são os reajuste anuais, que repõem ao menos o índice inflacionário (o último de 3,56%, em janeiro de 2019), sendo que, de 2004 a 2017, houve um avanço real de 42%, já descontada a inflação, sendo um dos poucos segmentos do setor público com a mesma valorização.

Servidores de nível médio recebem a partir de R$ 4.800,00 a quase R$ 7.000,00, somados os auxílios alimentação e saúde; e o de nível superior, a partir de R$ 6.800,00 a mais de R$ 10.000,00.

Os servidores ainda dispõem de Bolsa-Estudo de R$ 350,00 a R$ 500,00 mensais para graduação e pós-graduação; Bônus de Desempenho (R$ 2,4 milhões pagos no último ano), pelo alcance das metas nacionais de produtividade; Adicional de Qualificação, que pode chegar a 20% do vencimento básico; e, ainda, tiveram o aumento do percentual internível de letras, que garantiu um acréscimo de R$ 200,00 a R$ 300,00 por servidor, de acordo com o tempo de serviço.

Ainda assim, novas ações de valorização e reconhecimento ao trabalho dos três mil servidores são permanentemente consideradas, de acordo com a disponibilidade orçamentária.

 

Comentários