Servidores podem deflagrar greve caso não haja reajuste

0
Presidente do Sintrase, Diego Araújo diz que greve pode ocorrer (Foto: Arquivo Infonet)

Os servidores do estado ficaram insatisfeitos com a declaração concedida pelo secretário de Estado da Fazenda, Josué dos Passos Subrinho, onde ele declara a impossibilidade de conceder um reajuste aos servidores do estado. Na manhã de ontem, 18, o secretário da Fazenda esteve na Assembleia Legislativa para apresentar os números do Estado aos deputados e informou da dificuldade de conceder reajuste aos servidores neste ano.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado de Sergipe (Sintrase), Diego Araújo,uma greve poderá ocorrer caso o reajuste não saia. “Não foi uma surpresa nenhuma essa afirmação porque esse discurso do governo já é antigo. Estaremos fazendo um calendário de mobilizações com paralisações e greves caso não saia à reposição inflacionária. As nossas perdas inflacionárias estão em torno de 31%. Hoje 10% da folha de pagamento do governo é para pagar cargos em comissão. Então que ele diminua os cargos e não penalize o servidor”, informa.

Após o dia 28, o Sintrase e demais categorias pretendem se reunir em assembleia para deliberar sobre as medidas que serão tomadas pelas classes.

Sefaz

A equipe do Portal Infonet entrou em contato com a assessoria da Sefaz que informou que o problema é momentâneo, sendo que o Estado ainda está nos ajustes para reduzir os gastos e aumentar a arrecadação. Acrescentou ainda que as portas da Secretaria estarão abertas para receber e dialogar com os sindicatos, bem como mostrar os dados apresentados.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais