Servidores públicos estaduais anunciam greve geral

0
Representantes de várias categorias participaram da coletiva (Fotos: Portal Infonet)

Servidores públicos estaduais anunciaram na manhã desta terça-feira, 15 durante coletiva de imprensa no auditório da Central Única dos Trabalhadores (CUT/SE), uma greve geral de três dias, começando na próxima terça-feira, 22. Na agenda, atos e caminhadas com a finalidade de pressionar o Governo do Estado quanto ao atendimento de reivindicações da categoria a exemplo de reajustes salariais e condições de trabalho.

“É um movimento encabeçado pela CUT e CTB em conjunto com sindicatos filiados e não filiados a essas centrais, no sentido de tentar pressionar o Governo do Estado que ao longo desse ano ainda não deu nenhuma posição sobre o reajuste salarial, apesar das diversas tentativas da categoria. Algumas categorias cruzaram os braços a exemplo dos professores, servidores do Detran e da Administração Direta, mas o Governo não evoluiu nas negociações. Diante de tanta intransigência, os trabalhadores não viram  outra alternativa senão organizar agora a Primeira Greve Geral da história recente do nosso estado, nos dias 22, 23 e 24 deste mês”, ressalta o vice-presidente da CUT/SE, Plínio Pugliese.

Plínio Pugliesi: "Categorias não tiveram outra alternativa"

“A luta dos trabalhadores do serviço público não é só quanto à questão salarial, mas também temos uma preocupação na qualidade dos serviços que o Estado hoje presta a população”, completa o presidente do Sindicato do Fisco (Sindifisco), Paulo Pedrosa lembrando que, quem presta os serviços a população são os servidores públicos e que no ano passado, o Estado perdeu 160 milhões de reais em relação a débitos da dívida ativa, que prescreveram.

Agenda

De acordo com o diretor da CUT e integrante do Sindicato dos Trabalhadores na Educação do Estado de Sergipe (Sintese), Roberto Silva, a agenda da Greve Geral inicia às 8h do dia 22 de setembro, com uma caminhada saíndo da Secretaria da Fazenda até o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).

Roberto Silva: "A ideia é parar o Estado de Sergipe"

“Na quarta-feira, 23, cada sindicato tem sua atividade própria e o Sintese vai fazer uma coletiva às 7h30 para apresentar o raio-x dos cargos comissionados e o Sintasa, um ato no Hospital de Socorro. Na quinta-feira, 24, haverá uma caminhada com concentração às 14h no Parque da Sementeira, saíndo para o Palácio dos Despachos, aonde acontecerá uma assembleia unificada para deliberar os próximos atos de luta. A ideia é parar o Estado de Sergipe”, informa.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais