Setor varejista tem queda de -0,69%

0

Após levantamento feito pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos do Estado de Sergipe (Dieese) com base nos dados da Pesquisa Mensal do Comercio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o comércio varejista sergipano no mês de maio registrou uma queda de -0,69% em comparação ao mesmo período em 2007.

Volume de Vendas no comércio varejista
Variação mensal (base: igual mês do ano anterior)
Mês
Brasil
Sergipe
mai/07 10,56 15,86
jun/07 11,34 15,80
jul/07 9,29 9,70
ago/07 10,25 8,26
set/07 8,30 2,36
out/07 9,71 4,81
nov/07 10,39 5,13
dez/07 9,49 6,93
jan/08 11,80 3,31
fev/08 12,82 6,24
mar/08 11,03 3,21
abr/08 8,71 5,89
mai/08 10,45 -0,69

Nilton Pedro, economista
De acordo com o economista Nilton Pedro, dois podem ser os motivos que ocasionaram essa queda: a diminuição e/ou manutenção da massa salarial e a crise dos alimentos, que vem atingindo toda a cadeia mundial.  “Os salários não aumentaram, mas os preços sim, com isso há uma queda no setor varejista, pois a população deixa de consumir”, explica.

Nilton contou ainda que nesse levantamento Sergipe foi o único estado do Nordeste que não obteve um aumento no mercado varejista e explica que  “esse fato pode explicado por uma possível falta de dinamismo na economia sergipana”.

Por Mariana Rocha e Ben-Hur Correia

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais