Sindicato pode processar PMA por atraso de taxa

0
Servidores ficam concentrados na unidade operacional da Emurb (Foto: Sindicato dos Empregados)

O Sindicato dos Empregados da Administração Indireta do Município de Aracaju poderá processar a Prefeitura de Aracaju por atraso no repasse da contribuição sindical, que é descontada voluntariamente dos servidores. O presidente do sindicato, Cláudio Leite, informou que a assessoria jurídica do sindicato já está analisando a questão para questionará juridicamente o município de Aracaju por estes atrasos.

Nesta terça-feira, 23, os servidores da Empresa Municipal de Urbanismo (Emurb) paralisaram as atividades em protesto ao atraso de salários. Representantes da empresa se reuniram com os manifestantes na rua Acre e prometeram que a remuneração referente à primeira quinzena deste mês deveria ser liberada ainda nesta terça-feira, 23. “Mas a gente só retorna à atividade quando houver a comprovação do depósito”, informou o sindicalista Cláudio Leite.

Mas a insatisfação continua. De acordo com o presidente do sindicato, a Emurb e a Emsurb estão atrasando os repasses da contribuição sindical, apesar dos descontos voluntários feitos mensalmente nos contracheques dos servidores. Segundo Cláudio Leite, a Emurb deixou de repassar a contribuição sindical referente ao mês de junho e a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) deixou de repassar os valores referentes ao mês de julho.

Ao Portal Infonet, a assessoria de imprensa informou que os repasses da Emsurb não foram feitas em decorrência de equívocos da instituição financeira. O Portal Infonet também tentou ouvir a Emurb, mas não obteve êxito. O Portal Infonet permanece à disposição. Informações devem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais