Sindipetro alerta sobre venda de campos terrestres

0
Bruno Dantas adverte população sergipana sobre prejuízos sócio-ambientais e até culturais   (Foto ilustrativa: Portal Infonet) 

Contra a venda de 12 concessões de campos terrestres nos pólos de Siririzinho e Riachuelo, representantes do Sindicato Unificado dos Trabalhadores Petroleiros, Petroquímicos, Químicos e Plásticos no Estado de Sergipe (Sindipetro) realizaram uma manifestação na manhã desta quarta-feira, 9, na sede da Petrobras, situada na Rua Acre, bairro América.

De acordo com o diretor do Sindipetro, Bruno Dantas, a luta dos petroleiros envolve ainda sindicalistas de estados, como Rio Grande do Norte, Bahia e Espírito Santos, que também compreendem sedes onde a Petrobras realiza operações em campos terrestres através da exploração do recurso.

“A intenção do movimento sindical é esclarecer a população sobre os prejuízos ocasionados por essas vendas. Com a medida, Sergipe deve perder entre 25% e 30% das operações da empresa nas reservas locais de petróleo. Além disso, deverá reduzir atuação de contratados e os concursados poderão ser remanejados para outras áreas, em outros estados brasileiros”, alertou.

Bruno ainda enfatiza que a venda dos pólos sergipanos para exploração de petróleo reduzirá investimentos econômicos, sócio-ambientais e até culturais. “Reduzirão também os investimentos relacionados à responsabilidade social. Os municípios, certamente, sentirão os fortes impactos dessas vendas, assim como as parcerias mantidas com as prefeituras locais, daí a intenção de sensibilizar a sociedade para essa problemática”, acrescentou Dantas.

Entenda

A Petrobras anunciou na última sexta-feira, 4, que o processo de cessão dos direitos de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo e gás natural de campos terrestres envolve 12 concessões nos pólos de Siririzinho e Riachuelo, em Sergipe. São 98 concessões de produção, além de seis blocos exploratórios, totalizando 104 concessões terrestres, localizadas em Sergipe e nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Bahia e Espírito Santo.

Petrobras

A equipe do Portal Infonet entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Petrobras, na Bahia, para esclarecimentos sobre as questões apresentadas pelo Sindipetro. Em nota, a Petrobras disse que os campos foram agrupados em 10 pólos de produção, com instalações integradas, de forma a fornecer aos novos concessionários plenas condições de operação. Afirma ainda que "a venda destes ativos faz parte da estratégia de investimento da empresa, cujos objetivos e metas estão definidos no Plano de Negócios e Gestão 2015-2019 e, conforme práticas de mercado, estimativas de valor são consideradas informações estratégicas e não serão divulgadas antes da conclusão da operação de venda".

"Será realizado um processo competitivo, em que empresas selecionadas com base em critérios objetivos serão convidadas a participar e a Petrobras avaliará os termos e condições das propostas que venham a ser recebidas".

Por Nubia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais