Sinpol diz que veículos da Polícia estão sendo retidos por dívida

0
Parte da dívida foi paga nesta quarta (Foto: Ascom SSP/Arquivo)

Os veículos à disposição da Polícia Civil, em Sergipe, estariam sendo retidos pelas locadoras que mantêm contrato com o Governo do Estado. A denúncia é do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol), que tomou conhecimento de uma dívida de cinco meses entre o Governo e as empresas fornecedoras dos veículos.

De acordo com o presidente da entidade, Adriano Bandeira, nos últimos 15 dias policiais têm levado os carros para manutenção periódica nas locadoras – e as ordens das empresas são para que os carros não sejam mais liberados.

Adriano explica que se a prática permanecer, a segurança pública pode ficar comprometida. “Só uma das locadoras abarca praticamente 90% da frota dos veículos operacionais da Polícia Civil. Nós entendemos que o empresário precisa de uma contraprestação do serviço [pagamento], mas não pode reter os veículos porque isso representa um risco à sociedade”, declarou Adriano. O sindicalista também criticou o Governo. “O Governo mostra um comportamento desrespeitoso com a segura pública, de desprestígio de uma área importante e essencial para a população”, completou.

Consultada pela nossa reportagem, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE) informou que um dos meses em atraso foi pago na última quarta-feira, 31, e quatro meses ainda estariam pendentes. A pasta da Segurança informou que os repasses são feitos pela Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), que também foi procurada pela nossa reportagem. A Sefaz afirmou que vai se pronunciar posteriormente sobre a situação.

Entre os policiais e a própria Segurança Pública, há a expectativa de que o pagamento parcial da dívida, feito nesta quarta-feira, seja o suficiente para amenizar a relação entre o Governo e as prestadoras do serviço – mantendo os veículos à disposição da Polícia Civil.

Por Ícaro Novaes

Comentários