Socorro é destaque como um dos municípios que mais crescem no país

0

Waldson Alves
O município de Nossa Senhora do Socorro está entre as 233 cidades médias brasileiras, que têm entre 100.000 e 500.000 mil habitantes, que mais crescem economicamente no país. A informação foi destaque na Revista VEJA desta 1ª semana de setembro. Segundo a publicação, o comércio é a principal fonte de renda de 25% das cidades médias brasileiras, que se tornaram pólos regionais com grandes redes varejistas e atacadistas. Socorro está entre estas cidades, com uma média anual da evolução do Produto Interno Bruto (PIB), entre 2002 e 2007, de 4,1%.

Segundo o secretário da Fazenda do município, Carlos Américo, esse crescimento se deve ao aumento do poder de compra da população residente em Socorro; à melhoria das condições de infraestrutura e logística oferecidas pelo município “e, também, à melhoria da economia como um todo”, completou ele. O pungente crescimento econômico do município tem atraído empresários sergipanos e de vários Estados do país. Prova disso, é que Socorro será o primeiro município do Estado de Sergipe que terá um shopping.

Carlos Américo
A obra do empreendimento está correndo a todo vapor e deve ficar pronta no final deste ano. A previsão do empresário, Emanuel Teles, é que o Shopping Prêmio, seja aberto ao público no início de 2011. O shopping de Socorro custou ao empresário sergipano, um investimento que ainda nem foi calculado. “Isso porque houve uma mudança radical no projeto do shopping, que antes teria apenas 56 lojas. Mas, no primeiro mês vendemos todas. Aí resolvemos ampliar e, com a segunda etapa, ao todo, o shopping terá 122 lojas. Ainda não tenho nem como mensurar quanto estamos investindo”, comemorou.

A mudança no projeto do shopping inclui ainda modificações no acabamento da obra; no piso, que será mais sofisticado; nos móveis, que antes seriam tubulados e agora serão todos em madeira de lei; no sistema de refrigeração, e etc. São mudanças que tiveram que ser realizadas por causa da grande procura dos empresários, que também são clientes exigentes, para instalarem seus empreendimentos no local. Lojas de renome nacional como O Boticário, Litoral 655, Bijou Arts, Empório Bijou, Competir, de departamentos, e agências bancárias já estão confirmadas para fazerem parte do shopping.

O empreendimento, além de movimentar a economia da cidade, também vai gerar emprego e renda. “Serão gerados 1.5 mil empregos diretos. Isso fora os 226 operários que estão trabalhando na obra”, destacou Emanuel Teles. “O Shopping é vital para Socorro”, afirmou o secretário da Fazenda. Quando questionado sobre o que o atraiu para Socorro, o empresário foi taxativo. “Fiz uma pesquisa e ela apontou que está existindo um grande crescimento em algumas cidades do

Obras do Shopping Prêmio devem ser finalizadas no fim do ano
interior. As pesquisas feitas pelos lojistas também apontaram que está havendo um superávit na região. Então, vamos inaugurar em Socorro, um Shopping do tamanho do Riomar, em Aracaju”, declarou Emanuel Teles.

Henrique Cruz, que tem Casas Lotéricas na capital sergipana e ainda é proprietário da loja de artigos esportivos Competir, presente nos dois shoppings de Aracaju, também já está investindo em Socorro. Há alguns anos ele implantou uma Casa Lotérica no conjunto Marcos Freire. Mas, com a chegada do Shopping Prêmio, o empreendimento será mudado para lá. O empresário está negociando, ainda, a implantação da Competir no novo shopping de Socorro. Ao todo, segundo ele, os investimentos na cidade somam R$ 700 mil.

“”Ainda estou em negociação com o empresário do shopping para levar a Competir para lá. Mas, os contatos já estão bem avançados. São investimentos que para mim, já deram certo. Todo tipo de negócio tem seu grau de risco. Mas, quando a gente acredita esse risco diminui”, disse, ressaltando que o que o atraiu para Socorro foi o crescimento da população, seguido da renda per capta da cidade, “que também é crescente. Além da ida do shopping para o município e o comércio local. Tudo isso me fez levar meus empreendimentos para Socorro. Mas, a administração que tem sido feita no município, que é visionária e pensa no futuro, também é outro fator importante”, destacou.

O empresário Valdson Alves Silva saiu do Estado de Minas Gerais para montar seu empreendimento em Socorro. A loja Tauany está instalada no maior completo comercial de Nossa Senhora do Socorro: o conjunto João Alves. Além de ter grande visibilidade e produtos, como sapatos, acessórios masculinos e femininos e confecções, de qualidade, a loja atrai o público socorrense e da capital. Por conta disso, a Tauany também será levada para o Shopping Prêmio. “Estamos alugando um espaço de três lojas para instalar a Tauany, que faz parte de um grupo de lojas que está em todo Brasil, no shopping de Socorro”, disse.

Para ele, o município está em uma fase de crescimento acelerado. “Estamos muito otimistas e queremos dominar o mercado. Já estamos há dois anos e dois meses em Socorro, valeu muito investir aqui e vamos investir muito mais”, afirmou. Valdson Silva foi vencedor do Prêmio Urso Comunitário 2010, no seguimento de melhor loja do município. “Uma responsabilidade muito grande, vim de outro Estado para chegar aqui e mostrar esse potencial. Foram mais de 35 mil pessoas que votaram em meu empreendimento pela internet”, destacou. Atualmente a Tauany tem 12 funcionários, que são moradores do conjunto João Alves. “E, com a inauguração da loja do shopping teremos 25 funcionários. Todos daqui do município. Estamos priorizando isso”, declarou.

Indústrias

De 15 de dezembro de 2008 até 26 de maio deste ano foi anunciada a chegada de 12 novas indústrias ao município de Socorro. O que totaliza uma geração de 1.048 empregos diretos. Isso é resultado da iniciativa da prefeitura municipal de Socorro, com a criação da Secretária da Indústria e Comércio e da parceria firmada com a Secretária de Estado do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia, Coordenadoria do Desenvolvimento Industrial de Sergipe (Codise) e governo do estado.

Além dessas 12 novas indústrias, também foi anunciada a chegada da Indústria de Cosméticos Leite de Rosas e a Indústria Têxtil Altemburg, que vão gerar mais 340 empregos diretos no município. A Altenburg produz materiais para cama, mesa e banho, e tem sede no Estado de Santa Catarina. Com a instalação da nova indústria serão gerados cerca de 200 empregos diretos. Inicialmente a instalação da empresa prevê um investimento na ordem de R$ 6 milhões, com perspectiva para que chegue a marca dos R$ 17 milhões.

A chegada das novas indústrias garantirá mais desenvolvimento econômico e social para o município, através da geração de emprego e renda para a população. Entre as vantagens oferecidas para os empresários, destacam-se os incentivos fiscais oferecidos aos empresários interessados em investir no município; a proximidade com a capital e com BR-101; a densidade populacional; a mão-de-obra qualificada pela prefeitura; e a chegada do Shopping Prêmio.

Fonte: ANS

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais