Taxa de desemprego do mês de março é a menor desde 2002

0

A taxa de desemprego fechou março em 6,5%, segundo divulgou nesta terça-feira, 19, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e é a menor taxa para um mês de março desde o início da série de coleta de dados, em março de 2002. O indicador avançou 0,01 ponto percentual em relação ao mês de fevereiro, mas é considerado estável. Na comparação com março de 2010, o indicador caiu 1,1 ponto percentual.

A população desocupada no país foi estimada em 1,5 milhão de pessoas e não aumentou em relação ao mês passado. Na comparação com março de 2010, é 14% menor, o que significam 250 mil pessoas a menos em busca de emprego.

Já a população ocupada também ficou estável em 22,3 milhões na comparação com fevereiro e 2,4% maior que no mesmo período do ano passado.

De acordo com o IBGE, o rendimento médio real dos ocupados ficou em R$ 1.557 em março – o maior valor desde março de 2002. Na comparação com fevereiro, é 0,5% maior e na comparação com o mesmo mês do ano passado o avanço é de 3,8%.

A massa de rendimento médio real – soma de todos os rendimentos – ficou em R$ 35,1 bilhões, o que representa um crescimento de 0,8% em relação à pesquisa anterior. Na comparação com o mesmo mês de 2010, o aumento é de 6,7%.

Fonte: Agência Brasil

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais