Técnicos da Receita analisam contraproposta salarial do governo

0

Os técnicos da Receita Federal decidem hoje, em assembléia nos Estados, se aceitam a contraproposta do governo que prevê reajuste linear de 10% para a toda a categoria e mais 45% sob forma de gratificação de desempenho em três níveis: nacional (15%), regional (15%) e individual (15%). Para os inativos, a oferta é de 3% além dos 10%, o que gerou impasse nas negociações. A gratificação do pessoal da ativa seria uma recompensa pela arrecadação, que só em janeiro e fevereiro ficou R$ 1,6 bilhão acima do previsto pelo governo, segundo o Ministério do Planejamento. Os técnicos, que cruzaram os braços à zero hora do dia 1º de abril, suspenderam a greve no mesmo dia, depois que o governo abriu as negociações. O prazo para discussão das propostas foi fixado em 10 dias.

Comentários