Trabalho com carteira assinada cresceu 8,7%

0

O número de trabalhadores com carteira assinada no setor privado cresceu 8,7% em março, em relação ao mesmo mês de 2007. O dado faz parte da Pesquisa Mensal de Emprego do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada nessa quinta-feira, 24.

 

A pesquisa mostra também que o número de desempregados (2,0 milhões) manteve-se estável frente a fevereiro, mas reduziu-se em 14,1% em relação a março de 2007. A taxa de desocupação no país ficou em 8,6% em março, contra o índice de 8,7% apurado em fevereiro, mas em relação ao mesmo período de 2007, foi registrada queda de 10,1%. Esta é a menor taxa para março desde 2002.

 

O rendimento médio real habitual dos ocupados no período avaliado chegou a R$ 1.188,90. O valor é 0,6% menor em comparação ao de fevereiro de 2008 e 2% maior em relação ao de março de 2007.

 

Com informações da Agência Brasil

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais