Última semana: Comércio espera prorrogação do IPI reduzido

0

Produtos da linha branca têm redução tributária desde abril deste ano
Termina no próximo sábado, 31, a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre a chamada ‘linha branca’, que compreende fogões, geladeiras, máquinas de lavar e tanquinhos. A medida, que foi adotada em abril para reaquecer a economia durante a crise do dólar, deu certo e já foi prorrogada uma vez. Os comerciantes de Aracaju têm a esperança de que a redução tributária seja prorrogada novamente, desta vez até o fim do ano.

Segundo Ubirajara Freitas, o Bira, gerente de vendas numa loja de eletrodomésticos, após a redução do IPI, as vendas na loja aumentaram entre 10% e 12% em relação ao mesmo período do ano passado. “É um aumento significativo. Poderia até ter sido maior se não fosse a recente greve dos bancos. Essa paralisação nos prejudicou muito”, disse Bira.

Para o gerente, a expectativa é que nesta semana o movimento na loja aumente, em virtude da declarada última semana com o IPI reduzido. Ele, no entanto, acredita que o prazo será novamente prorrogado pelo governo, assim como aconteceu com as vendas de carros zero quilômetro.

“O movimento deve crescer nesta possível última semana de IPI reduzido, uma vez que brasileiro deixa tudo para última hora. Mas, da mesma forma que a redução do IPI foi prorrogada por duas vezes para a indústria automobilística, eu espero que o prazo seja estendido novamente para os produtos da linha branca”, espera o gerente.

Comerciantes esperam que o movimento cresça durante a semana
João Spósio, gerente de vendas de outra loja de eletrodomésticos, afirma que já vem observando um crescimento nas vendas desde o último sábado, 24. Ele garante que os clientes têm procurado a loja munidos de todas as informações sobre a redução do IPI.

“Eles sabem mais do que a gente [risos]. No ato da compra, muitos deles cobram o desconto que seria da redução do IPI. Mas nós explicamos que no preço dos produtos da loja já está embutida a redução tributária”, diz o comerciante. Ainda de acordo com Spósio, geladeiras na faixa de R$ 1.200 tiveram um abatimento de quase R$ 100 após a redução tributária.

A aposentada Maria Valdeci de Souza diz que foi alertada pela filha a aproveitar a última semana com os preços mais em conta. “Estava precisando comprar uma geladeira, e minha filha me avisou que estes seriam os últimos dias com a redução do preço. Então vim conferir e acho que vou levar”, afirma Valdeci.

IPI reduzido

Como parte do pacote anticrise, que começou a ser colocado em prática no fim do ano passado, o Governo Federal reduziu o IPI das máquinas de lavar roupa de 20% para 10%, das geladeiras de 15% para 5%, dos fogões de 5% para zero e dos tanquinhos de 10% para zero.

Nesta segunda-feira, 26, representantes da indústria de eletrodomésticos reúnem-se com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, numa tentativa de prorrogar a redução tributária até o final deste ano. O governo já sinalizou que a medida poderá ser prorrogada. O anúncio oficial deve ser feito, entretanto, no último momento possível, como forma de não estimular os consumidores a postergar a compra caso acreditem que o IPI da linha branca vai seguir reduzido até o final de dezembro.

Quer comprar ou vender um eletrodoméstico ou qualquer outro produto/serviço? Então acesse a página de Classificados do Portal Infonet.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais