Vale anuncia venda do projeto Carnalita à grupo dos EUA

0
Jackson Barreto durante reunião com representantes da Vale em abril deste ano (Foto: Marcelle Cristinne)

A Vale Fertilizantes anunciou a venda de seus ativos de fertilizantes à empresa americana The Mosaic Company. O acordo de compra envolve também os ativos de potássio localizados no Brasil, incluindo o projeto de Carnalita, que fica em Sergipe.

Também fazem parte da venda os ativos de fosfatados localizados no Brasil, exceto os baseados em Cubatão; a sua participação em Bayóvar, no Peru; o projeto de potássio no Canadá (Kronau). A transação com a Mosaic totalizou aproximadamente US$ 2,5 bilhões. A vale receberá US$ 1,25 bilhão e 11% das ações da empresa.

A consumação da transação é esperada para final de 2017 e está sujeita à separação dos ativos de Cubatão da Vale Fertilizantes; e a diversas aprovações, entre elas, a do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

A Vale justificou que a parceria com a Mosaic fortalece a exposição da empresa no mercado mundial de fertilizantes e que usará os recursos provenientes desta venda para reduzir sua dívida. A empresa também disse que permanece exposta ao negócio de fertilizantes através da participação estratégica na Mosaic.

Carnalita

A reserva de potássio em Sergipe fica entre as cidades de Capela e Japaratuba. O minério é a  matéria-prima para a fabricação de fertilizantes. Em abril deste ano, a Vale havia dito que continuaria operando em Sergipe com a exploração de novas reservas de Carnalita (minério do qual se extrai o cloreto de potássio).

Com informações da Vale

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais