Vale deve usar tecnologia do Porto de SE no transporte de soja

0

Um processo inédito de carregamento de navios utilizado no Terminal Marítimo Inácio Barbosa (TMIB), mais conhecido como Porto de Sergipe, localizado na Barra dos Coqueiros, e operacionalizado pela Vale, poderá ser aplicado no carregamento de soja.

A Vale, que possui outros portos no país, está realizando estudos para verificar a aplicação da tecnologia no carregamento de soja, um dos principais produtos de exportação do Brasil. O processo está sendo desenvolvido há quatro anos e foi definitivamente implantada em 2007. O Porto de Sergipe, segundo a Vale, é o único terminal portuário do mundo que faz carregamento a granel de cimento em navios com o porão fechado. Normalmente, os produtos são carregados com o porão do navio aberto.

Segundo a Vale, a técnica resulta tanto em ganhos para o meio ambiente, quanto em aumento de produtividade, já que possibilita que o carregamento seja feito em quaisquer condições climáticas, inclusive chuvas. A empresa informou que com a implantação do novo sistema, a capacidade do carregamento do terminal passou de 13 mil toneladas de cimento por dia para 21 mil. A melhor marca alcançada pelos terminais norte-americanos é de 15 mil toneladas.


 

Comentários