Vendas de materiais de construção caem em 11,5%

0
(Foto: Arquivo Portal Infonet)

A indústria nacional de materiais de construção registrou queda de 11,5% no faturamento em janeiro, na comparação com o mesmo mês no ano passado, já descontado o efeito inflacionário do período. Em relação a dezembro de 2014, as vendas recuaram 2,9%. Os dados referem-se às vendas da indústria para o comércio varejista.

O resultado acumulado de fevereiro de 2014 a janeiro deste ano apresentou queda queda de 7,6% em relação aos 12 meses anteriores, ou seja, de fevereiro de 2013 a janeiro de 2014.

Foi o 11º resultado negativo consecutivo, segundo o balanço mensal da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat). Diante do desaquecimento, as ofertas de trabalho no setor encolheram. O nível de emprego foi 12,6% menor do que em janeiro de 2014 e 6,7% inferior a dezembro.

Apesar desse desempenho, a Abramat manteve a projeção de uma pequena recuperação nos próximos meses com crescimento no ano de 1%. A entidade, porém, alertou que essa previsão foi calculada sem considerar a retirada dos incentivos fiscais do governo federal.

"[O resultado embute a expectativa] de expansão nos investimentos do Programa Minha Casa, Minha Vida, melhoria do nível de atividade das construtoras, manutenção dos programas de emprego e renda e âmbio mais desvalorizado, [fatos] que dificultam a importação de materiais”, destaca nota da Abramat.

Em janeiro, ocorreu mais procura por materiais básicos do que procura por itens de acabamentos. As vendas dos materiais básicos cresceram 0,3% sobre dezembro, mas caíram 14,2% na comparação com o mesmo mês de 2014. Já o faturamento com os materiais de acabamento foi 8,8% menor do que em dezembro e 7,7% abaixo do registrado em janeiro do ano passado.

Fonte: Agência Brasil

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais