“A Sociedade dos Amigos e ex-Alunos da UFS”, por Jorge Santana de Oliveira (*)

0

Não há dúvidas de que a Universidade Federal de Sergipe é o maior patrimônio cultural, científico e tecnológico dos sergipanos. Conseqüência da mobilização dos mais amplos setores da sociedade, a sua criação em maio de 1968 resultou de um grande projeto de construção coletiva que uniu, nos difíceis tempos do regime militar, nomes à direita e à esquerda da vida sergipana.

Ao longo da sua história muitos nomes se destacaram, cada um contribuindo a seu modo para a consolidação da primeira instituição de ensino superior pública de Sergipe. Seu primeiro reitor, Prof. João Cardoso do Nascimento Júnior, resistiu habilmente às tentativas dos militares de exigir a expulsão de estudantes que participavam ativamente do movimento estudantil, deixando sua marca de homem conciliador e de visão abrangente. Anos depois o magnífico Reitor Aloísio de Campos viabilizou a construção do campus universitário, um verdadeiro ponto de inflexão na trajetória desta jovem universidade. Mais recentemente a UFS vem experimentando um processo de expansão iniciado pelo Prof. José Fernandes de Lima cujo sucessor, o atual reitor Prof. Josué Modesto dos Passos Subrinho, pretende ampliar sobremaneira aumentando vagas e criando novos cursos, inclusive com a interiorização das suas atividades.

É nesse contexto de crescimento e de tomada de consciência da importância da UFS para o desenvolvimento de Sergipe, que um grupo representativo da sociedade, formado por amigos, ex-alunos, ex-servidores, ex-professores e outros que desejam colaborar com a instituição, está criando a Sociedade dos Amigos e ex-Alunos da UFS (SOUFS). Este tipo de associação é muito comum em outros países e começa a surgir em torno de diversas universidades brasileiras, como um fórum de discussão dedicado às questões de interesse da UFS e de toda sociedade sergipana.

A SOUFS é uma iniciativa que pretende mobilizar pessoas físicas e jurídicas em torno de um programa que ambiciona restabelecer maiores vínculos da Universidade com a sociedade, reforçar laços para a troca de experiências e refletir sobre demandas da UFS dentro de um espírito de cooperação mútua. Adicionalmente, a Sociedade objetiva angariar ajuda dos associados visando o apoio para o melhor desenvolvimento de atividades acadêmicas que venham contemplar a melhoria da assistência estudantil, infra-estrutura, pesquisa e extensão.

Um dos princípios norteadores das ações da SOUFS é a defesa da nossa Universidade enquanto agente capaz de oferecer ensino público gratuito e de qualidade, com uma atuação que não pretende desconsiderar a responsabilidade do Governo Federal em promover as condições para o seu crescimento, fortalecimento e superação das dificuldades do cotidiano.

A assembléia de instalação da SOUFS irá ocorrer no próximo dia 29/03, às 10h30, na Estação UFS/FAPESE (prédio da antiga reitoria da Rua Lagarto esquina com Rua Maruim), aberta a todo aquele que desejar somar-se a esta iniciativa em prol de uma das mais importantes instituições sergipanas. A Associação Comercial de Sergipe, o Banco do Brasil, o Banco do Nordeste do Brasil, a Associação dos Aposentados e Pensionistas da UFS, Conselhos classistas dentre muitas outras organizações e pessoas que certamente irão aderir a este projeto, já participam do grupo de fundadores da SOUFS. Contamos e acreditamos na adesão de tantos que tem compromisso com a nossa Universidade Federal De Sergipe. Participe!

(*) Presidente da Associação Comercial de Sergipe

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais