Abertas as inscrições da 12ª Olimpíada Nacional em História do Brasil

0
Para participar, os interessados devem formar equipes compostas por um professor de História e três alunos (Foto: Seduc)

Estudantes das escolas públicas e particulares já podem se inscrever na 12ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONBH), até o dia 24 de abril de 2020.

O primeiro prazo para se cadastrar termina  no dia 9 de março. Esse projeto, que é desenvolvido pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), contou com mais de 73 mil participantes em 2019. Na 11ª edição da ONHB, 220 equipes do Estado de Sergipe se inscreveram na competição, sendo que um grupo se classificou para a final, conquistando medalha de bronze.

Com um formato totalmente original, a Olimpíada de História é aberta para professores e alunos dos ensinos Fundamental (8º e 9º anos) e Médio de escolas públicas e particulares de todo o país.

Para participar, os interessados devem formar equipes compostas por um professor de História e três alunos. A competição conta com seis fases online – com duração de uma semana cada – , além da final presencial realizada na Unicamp, em Campinas/SP. As provas começam no dia 4 de maio e seguem até 13 de junho. Já a grande final ocorre nos dias 15 e 16 de agosto.

A professora do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da Unicamp e coordenadora da ONHB, Cristina Meneguello, explica que as respostas às questões de múltipla escolha e realização de tarefas podem ser elaboradas pelos participantes com base em debate com os colegas, pesquisa em livros, internet, orientação do professor, além de uma gama de documentos e referências oferecidas.

“O principal objetivo da Olimpíada de História é incentivar o desenvolvimento da análise crítica e discussões sobre temas diversos. Não é necessário que os participantes tenham estudado o conteúdo previamente, uma vez que são oferecidos informações, textos, imagens e mapas para que embasem a elaboração das respostas”, explica.

Após as seis fases, no mínimo 200 equipes (800 participantes) serão classificadas e convocadas para a final presencial. O projeto é desenvolvido pelo Departamento de História por meio da participação de docentes, alunos de pós-graduação e graduação.

Confira aqui o regulamento da olimpíada

Fonte: Seduc

Comentários