Alunos do Colégio Valadares protestam por melhorias

0

Alunos protestaram em frente a escola (Fotos: Portal Infonet)

Alunos do Colégio Estadual Governador Valadares realizaram um protesto na manhã desta quinta-feira, 6, na porta da escola. Como forma de protesto, os estudantes optaram por não assistirem aula e fecharam a avenida Visconde de Maracaju, sendo preciso a presença de agentes da SMTT e da Polícia Militar para evitar tumultos.

O ato teve por objetivo reivindicar a falta de condições higiênica e de pessoal na rede escolar. Situação parecida passa os alunos do Dom Luciano que também vem realizando atos.

Segundo o aluno e coordenador do movimento, Julio César Santos de Santana, os alunos não têm condições de assistirem aula. “Fizemos um ato ontem à tarde fechando a rua e hoje pela manhã. A escola não tem merendeira e nem pessoal de limpeza. Estamos cobrando melhorias. O ato foi porque uma sala estava imunda e os alunos se recusaram a assistir aula”, afirma.

Os estudantes pactuaram que na sexta-feira, 7, não haverá aula no turno da manhã, já a tarde, será realizada um novo ato a partir das 13h.

Alunos fecharam a principal via de acesso da escola

Membro da Uses, David Alves diz que situação é precária 

A União dos Estudantes Secundaristas do Estado de Sergipe (USES) está preocupada com a situação. “Essa situação já não é de agora, mas antiga. É muita sujeira, abandono de estrutura e querem ir à escola”, afirma o vice-presidente da USES, David Alves.

SEED

A assessoria de comunicação da SEED já informou que o problema está sendo ocasionado por conta da greve dos servidores do estado, sendo que a Secretaria estuda medidas para suprir esta demanda, já que a SEED não possui pessoal para substituir esses profissionais.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais