Aulas de escola no Santa Maria voltam segunda

0

Faixa de protesto permaneceu por uma semana
Os 1.200 alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Laonte Gama, no bairro Santa Maria, voltarão às salas de aula na próxima segunda-feira, 8. Desde o último dia 1º, a direção do colégio resolveu suspender os trabalhos por uma semana para chamar a atenção dos órgãos públicos e da sociedade para os problemas de segurança no local. De acordo com funcionários da instituição, a violência na escola existe desde sua inauguração em 1996.

Segundo o coordenador administrativo da Emef, Glinan Feitoza, os assaltos, arrombamentos e situações de violência gratuita ocorrem na escola em níveis alarmantes. “Em maio deste ano houve dois arrombamentos na mesma semana. Isso sem falar nos assaltos aos professores e nos casos de pais que invadem o colégio para bater em alunos que tenham se desentendido com seus filhos”, contou.

Ação policial

Coordenador da Emef torce para que a paz reine na comunidade
Em 2007, após reunião no Ministério Público Estadual (MPE), um plano de policiamento voltado para a Emef foi traçado e posto em prática. Mas aos poucos os agentes foram deixando a guarda da localidade, o que voltou a propiciar fatos como a invasão de um rapaz encapuzado e armado com faca no recreio às 9h da manhã.

Em uma reunião realizada ontem com representantes da escola, da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e Polícia Militar (PM), foram discutidas as formas de ação policial no local. A PM comprometeu-se a elaborar e entregar o projeto em um prazo de 15 dias, segundo o coordenador. “Espero que a paz venha finalmente a reinar aqui no Santa Maria”, torce.

Por Glauco Vinícius e Gabriela Amorim

Comentários