Censo mostra queda no número de matriculas da modalidade EJA

0
Dados foram divulgados pelo Inep (Foto: Agência Brasil)

O Censo Escolar 2018, coordenado e divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), apresenta os dados referentes as etapas e modalidades da educação básica brasileira. Uma das modalidades analisadas foi a Educação para Jovens e Adultos – ensino destinado aos estudantes que não concluíram o ensino no período regular, ou seja, não estão mais na faixa etária estabelecida para aquela série.

A EJA está disponível em instituições pública e privadas e conta com a disponibilidade de bolsas de estudo para quem deseja concluir o ensino médio rápido ou o ensino fundamental. E de acordo com a pesquisa, o número de matrículas na modalidade de ensino diminuiu 1,5% nos últimos anos, totalizando 3,5 milhões de estudantes matriculados em 2018.

Em contrapartida aos dados da EJA, as matrículas na educação profissional aumentaram 3,9% em comparação com o ano de 2017. A formação profissional concomitante ao ensino médio apresentou crescimento de 8% e a integrada obteve um aumento de 5,5%.

Uma alternativa para aumentar o número de matriculas na EJA é facilitar o acesso até a modalidade. E isso é possível através do Educa Mais Brasil, programa tem 15 anos de atuação e já beneficiou 900 mil estudantes. Para conseguir uma bolsa é muito simples, basta realizar uma inscrição gratuita no site do programa. Os descontos chegam até 70%. Confira todas as oportunidades disponíveis na sua região.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Comentários