Cinco cursos de Comunicação Social para ingressar pelo Enem

0
Entre as características desses profissionais estão criatividade e versatilidade (Foto: Pixabay)

Gostar de pesquisar, ler, apresentar informações, ser criativo e ter uma boa dose de curiosidade são alguns dos ingredientes recomendados a estudantes que pretendem seguir carreira na área da Comunicação. Versatilidade é também fundamental para que esses profissionais tenham um bom posicionamento no mercado de trabalho, seja atuando em frente à TV, nos bastidores, com novas mídias ou lidando com tecnologias que afetam diretamente o dia a dia da rotina dos comunicólogos e da população em geral. Os cursos de Comunicação Social possuem uma variedade de habilitações, cada uma com perfil específico. Confira alguns cursos para concorrer via Enem.

Jornalismo

Esse curso é bastante dinâmico e possibilita atuar em um mercado de trabalho variado, uma vez que, com o diploma em mãos, o jornalista pode trabalhar em redações de jornais, na TV, em programas de rádio, assessorias de imprensa, portais de notícias, além de comandar o departamento de comunicação de órgãos públicos e privados. Além disso, quem escolhe dar continuidade aos estudos e se especializar conta ainda com mais oportunidades.

Publicidade e Propaganda   

Podendo também ser encontrado com as nomenclaturas “Comunicação Social – Publicidade e Propaganda” ou “Propaganda”, esse curso tem duração de quatro anos e prepara os estudantes para fazer criação de campanhas e peças publicitárias para a divulgação de marcas, produtos e serviços. Uma das possibilidades para o profissional é a atuação em agência de publicidade.

Produção Cultural  

O curso de Produção Cultural é voltado para o planejamento, organização e coordenação de projetos e produtos culturais, artísticos, esportivos e de divulgação científica, como festivais de música, exposições, filmes, peças de teatro e outros. O produtor cultural faz parte de todo o processo do projeto artístico e cultural, desde a captação de recursos até a apresentação e avaliação de resultados. No mercado de trabalho, o produtor cultural pode atuar em instituições públicas como também em empresas do ramo privado.

Rádio, TV e Internet

Quem trabalha em rádio ou televisão também faz parte do rol dos comunicólogos. O curso de Rádio, TV e Internet é disponibilizado na modalidade tecnológica e tem duração média de, no máximo, dois anos. Depois de formado, o profissional pode ficar responsável por equipes de gravação e de produção de programas educativos, de entretenimento e jornalísticos, além da produção de conteúdo para web.

Relações Públicas 

O profissional de RP pode trabalhar com a produção de eventos, assessoria de imprensa, como por exemplo, com pesquisa de clima organizacional e pesquisa de opinião. Em outras palavras, relação pública é responsável pela divulgação, promoção e preservação da imagem de uma marca, produto, figura artística ou política. Durante a faculdade, os estudantes aprendem, entre outras coisas, a elaborar um planejamento estratégico. Por isso, assim como no jornalismo, a escrita faz parte do dia a dia desses profissionais.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais