Com a nota do Enem estudantes têm acesso a vários benefícios

0
O ingresso em universidades públicas é o mais desejado (Foto: Divulgação)

Dois dias de prova, 180 questões, uma redação e a espera pelo temido resultado. É dessa forma que funciona o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Entretanto, todo esforço tem suas recompensas. Quem consegue uma boa pontuação na prova mais esperada do ano, tem acesso a inúmeros benefícios, entre eles, estudar de graça em uma universidade pública ou particular.

Ingressar em uma universidade pública é o sonho da estudante Camila Amorim, de 16 anos. “Eu quero cursar medicina e farei o Enem até conseguir”, anuncia. Esse ano, a estudante do 3º ano do ensino médio fez o exame, mas foi apenas na condição de treineira. “Gostei bastante dos dois dias da prova. Caiu assuntos que eu tinha visto na escola e que estavam bem “frescos” na minha memória”, pontuou.

Mesmo sem poder começar a sua graduação Camila acredita que teve um bom desempenho. Mas quem não teve, não precisa se preocupar. Com a ajuda do programa de inclusão educacional Educa Mais Brasil, é possível conseguir bolsas de estudo para várias modalidades de ensino. E se o seu desejo é pela graduação, acessando o site do Educa Mais Brasil você pode conseguir descontos de até 70%.

O resultado individual do Enem 2018 sai em janeiro de 2019. Logo em seguida, começam os processos seletivos que o usam o exame como critério de classificação. Não são poucos e, caso você não saiba quais são, confira:

Financiamento

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) ou Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies) é um programa do governo federal que ajuda a pagar a faculdade particular. Os juros são baixos e o prazo para quitar a dívida só começa após a graduação.

Bolsa de estudo para faculdade

O Programa Universidade para Todos (Prouni) utiliza a nota do Enem mais recente para classificar candidatos a bolsas de estudos – integral e parcial – em faculdades particulares. Caso o estudantes se enquadre nos requisitos de formação e renda familiar, poderá usar a nota de 2018 para concorrer ao benefício em 2019.

Ingressar em universidade pública

Por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) o governo federal ampliou ainda mais o acesso às universidades e institutos públicos. O programa abre suas inscrições duas vezes por ano, no começo e no fim do primeiro semestre.

Ingressar na faculdade sem fazer o vestibular    

Inúmeras instituições particulares abrem a possibilidade de ingressar em um dos seus cursos, utilizando apenas a nota do Enem. Dessa forma, os candidatos não precisam fazer o vestibular tradicional da instituição. A nota do Enem para aprovação fica a critério da faculdade, no entanto, a maioria usa a média mínima utilizada pelo Ministério da Educação (MEC) em seus programas.

Estudar em Portugal

Mais de trinta universidades portuguesas já aceitam a nota do Enem para o ingresso de estudantes brasileiros. Os inscritos são selecionados conforme o desempenho obtido no Enem. A primeira universidade a participar do convênio foi a Universidade de Coimbra (UC), em 2014.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

 

Comentários