Encceja: mais de 25 mil candidatos de Sergipe se inscreveram no exame

0
Após o Carnaval, a Seduc inicia a preparação dos candidatos com a realização de revisões de simulados online. As provas serão aplicadas no dia 25 de abril (Foto: Ascom/Seduc)

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou o número de candidatos inscritos no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), edição 2020. Em todo o Brasil foram 1.799.385 inscritos, 25.944 dos quais são candidatos de Sergipe. Desse total, 4.833 farão a prova do Ensino Fundamental; e 21.111 do Ensino Médio, uma redução de 36% em relação ao ano de 2019, fator que se deve, em parte, ao não pagamento da taxa de R$ 40,00 por aqueles que faltaram so exame no ano anterior. As provas começam a ser aplicadas no dia 25 de abril.

Um outro aspecto importante nas inscrições do Encceja 2020 no Brasil é que, dos inscritos para o Ensino Fundamental, 43% têm idade entre 31 a 59 anos, e dos inscritos no Ensino Médio, 42% têm idade entre 21 e 30 anos. As provas do exame serão ofertadas pelo Inep em todos os estados da federação e no Distrito Federal. Em Sergipe, as provas acontecerão nos municípios de Aracaju, São Cristóvão, Nossa Senhora do Socorro, Estância, Lagarto, Simão Dias, Itabaiana, Propriá, Nossa Senhora da Glória e Canindé do São Francisco.

A estrutura do exame é composta de quatro provas objetivas, com 120 questões de múltipla escolha e 30 questões por área de conhecimento. A avaliação do Ensino Fundamental engloba assuntos de Ciências Naturais, História e Geografia, Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Arte, Educação Física, Redação e Matemática. Já no Ensino Médio, os assuntos são de Ciências da natureza e suas tecnologias, Ciências humanas e suas tecnologias, Linguagens, códigos e suas tecnologias e Redação, e Matemática e suas tecnologias.

Devido à pandemia da covid-19, o Inep adotou um conjunto de medidas preventivas para garantir uma aplicação segura, às quais podem ser acessadas em encceja.inep.gov.br. Os protocolos foram definidos em conjunto com as empresas contratadas para a aplicação do exame, com base nas diretrizes do Ministério da Saúde e de outros órgãos de referência.

Preparação

O exame será aplicado em 25 de abril e, antes disso, a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por meio do Departamento de Educação/Serviço de Educação de Jovens e Adultos e Divisão de Exames Supletivos (DED/Seja/Diex), já prepara uma série de ações visando à melhor preparação dos candidatos sergipanos que prestarão o Encceja 2020. Dentre elas, estão os simulados online. Os links serão disponibilizados após o feriado de Carnaval.

O professor Ibernon Mecenas, coordenador do Seja, explica que esse trabalho em torno da preparação dos candidatos tem como intuito  “promover uma maior assistência às pessoas que se inscreveram no exame, para que elas possam treinar o conteúdo cobrado, uma forma de ajudá-los nesse sentido. Sobre as inscrições, para a gente foi uma surpresa 42% dos inscritos estarem entre entre 21 e 30 anos, que é uma população jovem”, disse. Ibernon ainda destacou que o índice de participação deve-se também às campanhas de divulgação feitas pela Seduc.

De acordo com o coordenador do Diex, professor Edson Aragão, o simulado será uma avaliação semelhante ao Encceja, abordando todas as áreas de conhecimento. “Nós vamos disponibilizar primeiro o simulado de Linguagens, do ensino fundamental e médio, em que o aluno inscrito pode estar tendo uma preparação para a prova prevista para 25 de abril”, concluiu ele, informando que essa ferramenta de estudo foi desenvolvida em 2019 e que foi muito bem aceita pela comunidade.

Certificação

O Inep é responsável pela elaboração, aplicação e correção das provas, porém a certificação é competência das secretarias estaduais de educação e dos institutos federais de educação, ciência e tecnologia, que assinaram termo de adesão com a instituição responsável pela oferta. No ato da inscrição, o participante pode escolher a instituição certificadora na qual pretende solicitar a certificação ou a declaração parcial de proficiência.

O Encceja oportuniza àqueles que não tiveram acesso à escola em idade regular a conclusão dos estudos, favorecendo a esses cidadãos, sobretudo, o ingresso no mercado de trabalho e o acesso ao ensino superior.

Fonte: Ascom/Seduc

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais