Enem 2019: aulão interativo leva mais de 8 mil alunos ao Batistão

0
O objetivo do encontro foi propor aos estudantes uma aula-revisão para que eles possam tirar as principais dúvidas antes de fazer a prova (Foto: Portal Infonet)

A dois dias da primeira fase de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), alunos da rede pública e privada se encontram na tarde desta sexta-feira, 1º, para um aulão interativo no estádio esportivo Batistão. O objetivo do encontro foi propor aos estudantes uma aula-revisão para que eles possam tirar as principais dúvidas antes de fazer a prova. O evento foi realizado pela Secretaria de Estado da Educação, Esporte e Cultura (Seduc) por meio do Curso Pré-Universitário, vinculado ao Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase).

Os irmãos Maria Helena e Pedro Augusto contam os motivos que os levaram a comparecer ao aulão (Foto: Portal Infonet)

No primeiro dia de provas, marcado para este domingo, 03, os estudantes terão que responder 45 questões de  Linguagens e Códigos, Ciências Humanas e escrever a temida redação. Para os irmãos Pedro Augusto e Maria Helena, o aulão é uma oportunidade para eliminar aquelas dúvidas que surgem de maneira inesperada. “Eu gosto de estudar sozinho. Mas aqui tenho o apoio de muitos professores e isso acaba me motivando ainda mais a estudar”, afirma Pedro. Já a irmã dele diz que irá fazer o Enem este ano apenas como um treino. “Eu estou no 2º do Ensino Médio. Quero fazer o exame para ganhar experiência. Isso vai me ajudar muito quando for fazer para valer no próximo ano”, conta Maria.

Durante o aulão Pedro diz que irá prestar mais atenção nas aulas de física, disciplina que ele tem mais dificuldade. “Eu já estudei muito durante do ano. Quero focar mais nas aulas de física. Tenho dificuldades em alguns assuntos da matéria”, destaca. Enquanto o irmão irá focar na ciência exata, Maria conta que o objetivo dela é pegar dicas para escrever bem a redação. “Como estou em processo de preparação já para o próximo ano, quero aprender como escrever bem um texto. Eu gosto muito da escrita. Mas toda ajuda é bem-vinda”, afirma.

A professora Eliane Passos, uma das organizadoras do aulão, afirma se encher de orgulho ao olhar para as arquibancadas e perceber o grande número de alunos (Foto: Portal Infonet)

A professora Eliane Passos, uma das organizadoras do aulão, afirma se encher de orgulho ao olhar para as arquibancadas e perceber o grande número de alunos. “Nossa meta era atingir cerca de 7 mil estudantes. Mas a pouco recebi a informação que mais de 8 mil alunos passaram pelas catracas. É um satisfação enorme”, destaca.

Ainda segundo ela, o aulão é um somatório de forças que busca levar aos estudantes um conhecimento dinâmico e interativo. “Temos vários professores que se unem para passar o conteúdo de maneira prática e com muito bom humor”, comemora.

por João Paulo Schneider 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais