Estância se mobiliza para instalar campus da UFS

0

Prefeito de Estância, Ivan Leite, quer beneficiar região sul e centro-sul do Estado (Fotos: Portal Infonet)

Com o objetivo de beneficiar não só a região sul e centro-sul de Sergipe, como também todo o território do Estado, Estância pleiteia o Campus das Engenharias que possivelmente será adquirido pela Universidade Federal de Sergipe (UFS). O prefeito da cidade, Ivan leite, declara que a cidade não só tem infraestrutura para receber o novo polo, como também os estudantes que desejarem se instalar na região.

“Os engenheiros da UFS percorreram o município em busca de um lugar adequado para a implantação do campus. Na ocasião foi escolhida uma área extensa localizada à margem do rio Piauí, que fica a apenas 3,5 km da cidade. É um espaço adequado para a instalação de uma cidade universitária e um parque tecnológico”, explicou o prefeito.

Ivan ainda colocou à disposição da UFS a Unidade Básica de Saúde do CAIC, que atualmente abriga não só o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), como também uma creche, um posto de saúde e um centro de atendimento ao idoso. De acordo com o prefeito, se Estância abrigar o campus, enquanto ele estiver sendo construído, os estudantes utilizarão o espaço do CAIC para assistir às aulas, e os trabalhos realizados na unidade serão realocados.

Local para construção do campus

Infraestrutura

Para o prefeito do município, Estância está mais do que preparada para receber o polo da UFS. Ele alega que além da localidade possuir abastecimento de gás, energia e água abundante, ela também dispõe do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), do Instituto Federal de Sergipe (IFS), além de uma universidade particular.

“Estância tem feito uma parceria muito produtiva com o governo do Estado, através da Secretaria de indústria, comercio e turismo, e da Companhia de Desenvolvimento Industrial e de Recursos Minerais de Sergipe (CODISE). Além disso, estamos adquirindo terrenos, oferecido a CODISE, e esta tem feito a locação de indústrias”, informou.

Unidade Básica de Saúde do CAIC poderá ser utilizado provisoriamente para realização das aulas do campus

Necessidade

Para dar ênfase à necessidade de possuir um campus em sua região, Ivan Leite afirmou que os cursos de Engenharia são indispensáveis para manter o desenvolvimento industrial. “Temos que aproveitar esse boom de desenvolvimento e instalar o polo em Estância, pois a tendência é que as empresas venham em busca da universidade para conseguir nossa mão de obra qualificada”, concluiu.

Esta matéria faz parte de uma reportagem especial que o Portal Infonet divulga essa semana. Acompanhe!

Por Monique Garcez e Raquel Almeida

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais