Governo convoca 33 novos professores para rede estadual

0
Concurso tem validade até 2016 (Foto: Arquivo Infonet)

Com o objetivo de atender a demanda de docentes nas escolas da rede estadual, o Governo do Estado segue convocando professores de diversas disciplinas para atuarem nas Diretorias Regionais de Educação (DRE’s). Neste mês de julho, 33 novos profissionais estão sendo convocados e deverão passar pela perícia médica oficial entre os meses de agosto e setembro.

As áreas contempladas pela convocação variam entre português, inglês, espanhol, matemática, educação física, entre outras. A educação polivalente também tem sido contemplada. De acordo com Zélia Apóstolo, gerente geral de recrutamento e seleção do Governo do Estado, as convocações são sempre realizadas pela Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), após prévia solicitação da Secretaria da Educação (Seed). O Concurso do magistério estadual foi lançado em 2012 e tem validade até julho de 2016.

A atual convocação do concurso está baseada no inciso IV do Artigo 22 da Lei de Responsabilidade Fiscal. Tal dispositivo legal prescreve que é possível a admissão de servidores públicos em casos de reposição devido à aposentadoria ou falecimento de servidores das áreas de educação, saúde e segurança.

Documentação

No ato da perícia, o candidato deve estar munido de cópias e original do RG, CPF, certidão de quitação eleitoral (emitida no portal do TRE), título de eleitor, certidão de antecedentes criminais (emitida pela Secretaria de Segurança Pública) e certificado de reservista (para homens).

Todos os convocados deverão ainda apresentar cópia do cartão cidadão ou extrato do PIS/PASEP, comprovante de residência, conta corrente do Banese (caso possua) e certificado de conclusão do curso. Caso tenha filhos, levar certidão de nascimento dos mesmos. Se já é servidor público, apresentar certidão constando não ter sofrido sanções de natureza administrativas, civis ou penais.

Exames e demais informações

No ato da perícia, os nomeados também deverão entregar os seguintes exames: hemograma, grupo sanguíneo e fator RH, glicemia, sorologia para LUES (VDRL), sumário de urina, parasitológico de fezes, raio-x do tórax (PA e perfil), ECG, videolaringoscopia, exame audiométrico e avaliação psicológica (avaliar estado mental, incluindo atenção e raciocínio).

Além desses exames, os candidatos acima de 40 anos também deverão apresentar teste ergométrico (substituindo o ECG) e lipidograma. Se do sexo masculino, realizar ainda avaliação prostática.

Candidatos com deficiência devem apresentar relatório médico da especialidade envolvida no tipo de deficiência e exames complementares compatíveis ao enquadramento como tal. Candidato deficiente visual deverá apresentar em laudo oftalmológico a aferição da acuidade visual e exame de campo visual computadorizado, de cada olho.

Vale lembrar que o não comparecimento no prazo estabelecido importará na perda dos direitos decorrentes. É necessário ainda que candidato observe a possibilidade de acumulação de cargos públicos na Constituição Federal, artigo 37, inciso XVI. Mais esclarecimentos podem ser obtidos através do número (79) 3226-2242.

Fonte: ASN

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais