Gratificação do magistério é regulamentada

0

Após várias negociações junto aos professores, o Governo do Estado regulamentou a Gratificação de Interiorização do Magistério. Esse era uma reivindicação antiga da categoria e que já havia sido acordada entre a administração e o Sintese.

 

Com isso, os professores que lecionam ou trabalham na implementação de programas e projetos educacionais no interior passam a receber de 10% a 50% a mais em seus vencimentos. A gratificação faz parte do Plano de Interiorização do Ensino da Secretaria de Estado da Educação (Seed), que tem como objetivo a expansão e manutenção da oferta regular da educação básica nos municípios do interior do Estado.

 

Para ter direito à gratificação, o professor deve encaminhar requerimento à diretoria regional na qual está lotado e anexar os documentos que comprovem o exercício da profissão em município distinto de sua residência, que existe escassez de transporte e que haja necessidade de alojamento e subsistência para execução do trabalho.

 

O DRH enviará as orientações necessárias às diretorias regionais de educação para que as providências para pagamento da Gratificação de Interiorização sejam tomadas. Após receber a documentação, a comissão avaliará caso a caso.

 

Com informações da Seed

Comentários