II Feira de Ciência do Campus Estância começa dia 31 de outubro

0
Feira acontece dia 31 de outubro (Foto: IFS)

De 31 de outubro a 01 de novembro acontece no Instituto Federal de Sergipe (IFS) – Campus Estância a II Feira de Ciência e Engenharia (FeiCE). O evento, direcionado às escolas do município e aberto à população em geral, irá apresentar à comunidade o resultado da produção acadêmica do ano de 2018; disseminar o conhecimento por meio da troca de experiências entre os participantes; estimular o desenvolvimento de pesquisas aplicadas às práticas profissionais.

A programação contará com mostra de experimentos, aplicações e demonstrações, competições de foguetes e de pontes de palito de picolé, sarau e atração musical. A expectativa da comissão organizadora é que os trabalhos expostos tenham como marca a qualidade, a originalidade, a criatividade e a relevância social, ambiental, cultural e tecnológica, assim como ocorreu na edição 2017. Os melhores trabalhos serão premiados, nas categorias: Fundamental, Médio, Técnico Subsequente e Superior.

Ano passado, a área de vivência e o hall de entrada do IFS foram tomados por produções de alta qualidade, que despertaram o interesse e a curiosidade do público. Figuraram entre as mais concorridas: gerador eólico, sistema de automação residencial, robô inteligente e demonstrações de uma estação de tratamento de água, do processo de fermentação da cana para a produção de álcool e de um sistema de aquaponia (cultivo que une piscicultura e hidroponia, sem o uso de solo, com as raízes submersas na água).

Dos trabalhos

Os trabalhos apresentados na II FeiCE serão divididos em seis grupos: Aquicultura e Recursos Pesqueiros, Edificações, Eletrotécnica, Engenharia Civil, Ciências Naturais e Matemática, Ciências Humanas e Linguagens (História, Geografia, Filosofia, Sociologia, Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira, Artes, Educação Física, Tecnologias da Informação e Libras-Língua Brasileira de Sinais). A meta é integrar ensino, pesquisa, extensão e inovação à capacidade de gerar conhecimentos a partir de uma prática interativa com a realidade.

Estão sendo mobilizadas as escolas das redes pública e privada para garantir uma participação maciça na feira. A intenção é oportunizar a proximidade com o ambiente científico-tecnológico, a integração e o intercâmbio de conhecimentos. “A FeiCE tem o papel de prestar contas à sociedade do que é produzido no IFS, da excelente formação dos nossos alunos e de como uma educação pública, gratuita e de qualidade pode promover a inclusão social e o desenvolvimento da região Sul”, destacou o professor Rafael Pinheiro de Araújo, da comissão organizadora.

Confira a programação:

II FEICE

Fonte: IFS

Comentários