Mais de 25% dos jovens de SE não estudavam e nem trabalhavam em 2019

0
Em Sergipe, a taxa de frequência escolar bruta foi de 28,8%. (Foto: Freepik)

Em Sergipe, a taxa de frequência escolar bruta foi de 28,8%, assim como no Nordeste. Na capital aracajuana, essa taxa é próxima a obtida em Sergipe, com 28,9%.

A taxa entre crianças de 0 a 3 anos é de 29,6%. Porém, percebe-se um aumento considerável na taxa a partir dos 4 anos de idade. Por exemplo, entre crianças de de 4 a 5 anos, a taxa subiu para 94,8% e de 6 a 10 anos, para 99,5%.

Já entre jovens de 15 a 17 anos, a taxa bruta reduz para 88,9%. Entre adultos, dos 18 a 24 anos, essa redução é ainda
mais expressiva e chega a 31,9%. A menor taxa de frequência escolar bruta é a partir dos 25 anos de idade, com 4,2%.

A taxa ajustada da frequência escolar entre pessoas de 6 a 24 anos, mostram um percentual de 96,9% de crianças de 6 a 14 anos no ensino fundamental. Em Sergipe, em relação aos jovens de 15 a 17 anos no ensino médio, a taxa de frequência escolar reduz para metade (48%). Em Aracaju, esse percentual é maior, com 61,2% para jovens de 15 a 17
anos.

Já no ensino superior, em relação a pessoas de 18 a 24 anos, em Sergipe essa taxa é de 18,5% e em Aracaju, de 34,2%. Em relação ao número médio de anos de estudo, em Sergipe é de 10,5 anos, próximo à média nordestina, que chegou a 10,7 anos em 2019.

No ensino médio, a maioria dos alunos vão para a escola pública e no ensino superior, a maioria está na escola particular. Em relação se a escola é particular ou privada, na educação infantil, em Sergipe, 59,7% dos alunos vão para rede pública, diante de 36,4% em Aracaju.

No ensino fundamental, em Sergipe, 76,7% dos alunos vão para escola pública e em Aracaju, mais da metade dos alunos (55,9%) estão nessa condição. Em relação ao nível médio, no estado, 85,2% vão para escola pública, diante de 67,6% dos alunos na capital aracajuana.

Em relação ao ensino superior, ocorre uma inversão. Em Sergipe, 66,6% dos alunos vão para escola particular, e na capital, esse percentual chega a 71,8%. Em Sergipe, 30,3% dos jovens de 18 a 24 anos não estudam e nem trabalham.

Em Sergipe, das 564 mil pessoas de 15 a 29 anos, 30,9% só estudavam, 10,2% estudavam e estavam ocupadas, 32,7% só estavam ocupadas e 26,2% não estudavam e nem trabalhavam.

Dividindo por idade, entre pessoas de 15 a 17 anos, 80,4% só estudavam. Já entre pessoas de 18 a 24 anos, 25,4% só estudavam. Apesar disso, 30,3% não estudavam e nem trabalhavam. Este dado se reflete em relação às pessoas de 25 anos ou mais, por nível de instrução: 10,1% dessas pessoas não tinha instrução, somente 12,6% tinham o ensino superior completo e 39,7% tinham o ensino fundamental incompleto.

Fonte: IBGE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais