Material escolar sobe de preço e papelarias estendem parcelamento

0

Não tem jeito. Chega o início de ano e os pais e mães têm, logo de cara, gastos expressivos com material escolar dos filhos. Mochilas, livros, cadernos, estojos e por aí vai. Neste ano, os materiais tiveram reajuste de 7%, em média. Com poucas semanas antes do início das aulas, as papelarias da capital já têm movimento intenso desde a última semana de dezembro. Alguns dos estabelecimentos ampliaram a opção de parcelamento para até oito vezes, de acordo com o valor, para aliviar o orçamento dos pais.

Confira a reportagem completa no vídeo:

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais