Matrículas abertas: nova EJA atende ao novo projeto pedagógico

0
A inserção da Oficina de Leitura e Produção de Texto assim como do componente curricular Projeto de Vida, Educação Empreendedora e Financeira são as novidades que estão contidas nas novas Organizações Curriculares (Foto: Ascom/Seduc)

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), com o objetivo de oportunizar um currículo diferenciado para a Educação de Jovens e Adultos, abriu o calendário de matrículas com uma nova proposta pedagógica da EJA, amplamente discutida coletivamente com todas as esferas da Educação e aprovada no Conselho Estadual de Educação em fevereiro de 2021. A matrícula da Nova EJA deverá ser feita em escolas que disponibilizam esse tipo de modalidade e os interessados acessarão o Portal da Matrícula da Seduc de acordo com os critérios estabelecidos para a rede estadual.

A proposta da Nova EJA passa a vigorar na Rede Estadual de Ensino a partir do ano letivo 2021, fundamentada no Currículo de Sergipe, alinhada às competências da BNCC e no planejamento com foco na interdisciplinaridade, auxiliando também na estruturação da oferta educacional aos estudantes em distorção idade-série. Os alunos maiores de 18 anos, público que deverá ser atendido prioritariamente pela EJAEM, terá oportunidade de estudar com um currículo mais dinâmico e poder concluir o Ensino Médio em um ano e meio. Todos esses procedimentos estão respaldados no artigo 18 da Portaria nº 197/2021/GS/SEDUC, que estabelece normas e diretrizes operacionais para Matrícula Online nas Instituições Educacionais da Rede Pública Estadual.

De acordo com a diretora do Departamento de Educação, professora Ana Lúcia Lima, o artigo 18 da Portaria nº 197/2021/GS/SEDUC estabelece os procedimentos necessários para melhoria do atendimento às necessidades pedagógicas dos estudantes, priorizando o turno diurno para os alunos menores de idade e a oferta da EJA noturna para os maiores de 18 anos.

“O ambiente diurno é mais propício para a vivência entre os adolescentes da mesma idade, seja no Ensino Fundamental ou no Médio. Priorizar os turnos diurnos para as crianças e adolescentes é um cuidado essencial na formação integral desses estudantes. Em contrapartida, os estudantes com idade a partir de 18 anos, maioria de trabalhadores, possuem necessidades pedagógicas e sociais que precisam ser atendidas por um currículo e metodologias de ensino diferenciados. Além de todos os benefícios para os estudantes, a organização do atendimento em seus turnos de funcionamento auxilia a Escola no planejamento e desenvolvimento das suas ações”, explicou.

Novo projeto Político Pedagógico

No intuito de oferecer um ensino de qualidade para os estudantes matriculados na EJA, o Serviço de Educação de Jovens e Adultos (Seja/DED/Seduc) canalizou esforços para a reformulação do Projeto Político Pedagógico e das Organizações Curriculares, bem como a construção dos Cadernos da Modalidade EJA complementar ao Currículo de Sergipe à luz da BNCC, com publicação prevista para abril de 2021.

Para o professor Ibernon Alves de Macena, coordenador do Serviço de Educação de Jovens e Adultos (Seja), a EJA vem avançando no sentido de prestar um ensino de qualidade. “A reformulação dos nossos documentos orientadores validam a prática pedagógica que queremos fortalecer e está voltada para Pedagogia de Projetos e as Metodologias Ativas na perspectiva de uma educação integrada e contextualizada”.

A inserção da Oficina de Leitura e Produção de Texto assim como do componente curricular Projeto de Vida, Educação Empreendedora e Financeira são as novidades que estão contidas nas novas Organizações Curriculares.

Fonte: Ascom/Seduc

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais