MEC divulga resultados preliminares do Censo da Educação Básica 2021

0
(Foto: SEDUC)

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, na última quarta-feira 22, os resultados preliminares do Censo Escolar da Educação Básica de 2021. Os dados estão em portaria publicada no Diário Oficial da União. A coleta de dados aconteceu entre os dias 18 de junho e 23 de agosto, por meio do sistema Educacenso. A partir de agora, com a publicação dos resultados preliminares, os gestores estaduais e municipais têm 30 dias para conferência, ratificação e eventual retificação das informações, se necessário.

Durante esse período, as escolas também poderão complementar as informações com dados que não foram informados no período de coleta da matrícula inicial, desde que as informações tenham como base a data de referência do Censo Escolar 2021, que é 26 de maio de 2021.

Em caso de dúvidas sobre os procedimentos de conferência dos dados, os gestores podem enviar os questionamentos para o Inep até 29 de setembro, por meio de um formulário eletrônico. As principais perguntas serão selecionadas e esclarecidas durante uma live, a ser realizada no dia 7 de outubro, em seu canal do YouTube.

“Caso sejam encontrados erros nos dados preliminares, é preciso realizar a retificação. Para tanto, basta acessar a funcionalidade “fechamento” e no botão “retificar”. Após a correção, é importante realizar o “fechamento” para validar os dados. Recomenda-se arquivar o recibo e todos os relatórios existentes”, explica a coordenadora do Censo Escolar da Seduc, Jucileide Aragão.

Nesse momento da pesquisa estatística, apuram-se dados essenciais, que constituem a base das políticas públicas de educação básica e servem de orientação tanto para a repartição dos recursos entre estados e municípios, quanto para implementação de programas diversos pertinentes à educação brasileira.

Os resultados referem-se à matrícula inicial na creche, pré-escola, ensinos fundamental e médio (incluindo o médio integrado e normal magistério), no ensino regular e na educação de jovens e adultos (EJA) presencial fundamental e médio (incluindo a EJA integrada à educação profissional). Os dados incluem as redes estaduais e municipais, urbanas e rurais, em tempo parcial e integral e o total de matrículas nessas redes de ensino.

Os resultados finais da primeira etapa serão divulgados em 31 de janeiro de 2022. No dia seguinte, em 1º de fevereiro de 2022, começa a segunda etapa. O Educacenso ficará disponível até 17 de março para as escolas declararem os dados referentes à situação do aluno. Também haverá um período de conferência das informações, e o encerramento ocorre com a divulgação dos indicadores de rendimento escolar, no dia 19 de maio de 2022, no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Censo Escolar

Durante o último levantamento, 2086 escolas de Sergipe realizaram o cadastro e estão aptas a conferir seus dados e retificá-los, se necessário.

O Censo Escolar é coordenado pelo Inep e realizado, em regime de colaboração, entre as secretarias estaduais e municipais de Educação, com a participação de todas as escolas públicas e privadas do país. Ele é o principal instrumento de coleta de informações da educação básica e a mais importante pesquisa estatística educacional brasileira.

As matrículas e os dados escolares coletados servem de base para o repasse de recursos do Governo Federal e para acompanhar a efetividade das políticas públicas. O Censo Escolar subsidia a produção de um conjunto amplo de indicadores, que possibilitam monitorar o desenvolvimento da educação brasileira, como o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (ldeb), as taxas de rendimento e de fluxo escolar, a distorção idade/série, entre outros.

Fonte: SEDUC Com informações da Agência Brasil

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais