Professores da rede municipal de Aracaju farão nova paralisação

A paralisação foi deliberada com unanimidade (Foto: Ascom Sindipema)

Os professores da rede municipal de ensino de Aracaju far]ao uma nova paralisação nos dia 30 e 31. A decisão foi tomada em Assembleia Extraordinária ocorrida na última quarta-feira, 24,  no auditório do Sindicato dos Profissionais do Ensino do Município de Aracaju (Sindipema), e tem como objetivo reivindicar o pagamento do piso salarial na carreira do magistério da rede pública.

O sindicato alega que a paralisação ocorre devido à conduta do da Prefeitura de Aracaju ainda não ter cumprido o que havia sido acordado em mesa de negociação. Ao contrário do que foi prometido, o prefeito Edvaldo Nogueira não apresentou nenhuma proposta quanto ao cumprimento da Lei Federal 11.738/2008, que determina o pagamento do piso salarial na carreira do magistério da rede pública.

Na terça, dia 30, o Sindipema conduzirá um Ato Público na praça General Valadão, no Centro da Cidade. Já na quarta, dia 31, será realizada uma vigília em frente ao Centro Administrativo. Já na quinta, dia 01/06, será realizada uma nova Assembleia da categoria.

O presidente do Sindipema, Obanshe Severo, ressaltou que, existem alternativas de financiamento para garantir o cumprimento do piso salarial na carreira. “O sindicato propõe uma atualização da LC 163, que determina que o Poder Executivo arque com uma contribuição previdenciária suplementar mensal, incidente sobre a mesma base de cálculo das contribuições previdenciárias dos servidores ativos vinculados ao Fundo Financeiro e ao Fundo Previdenciário do Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores do Município de Aracaju”, explicou.

No último dia 22, a PMA informou que ainda está em fase de estudos técnicos de impacto financeiro e que uma proposta será apresentada à classe até o dia 31 de maio.

Com informações do Sindipema

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais