Professores do Município realizam panfletagem na Av. Beira Mar

0

Panfletagem ocorreu na Avenida Beira Mar, no início da noite desta quinta-feira, 4 (Foto: Portal Infonet)

Cinquenta e três dias de greve e nenhum avanço. Este é o panorama dado pela presidente do Sindicato dos Profissionais de Ensino do Município de Aracaju (Sindipema) Vera Maria Santos sobre a negociação do pagamento do piso salarial com a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA). Uma nova assembleia com a categoria deve ocorrer na segunda-feira, 8, onde serão decididos os novos rumos do movimento.

No início da noite desta quinta-feira, 5, um grupo de professores realizou panfletagem em um dos pontos de maior movimento no trânsito da capital, o cruzamento das Avenidas Beira Mar e Francisco Porto, Zona Sul da cidade. Pela manhã uma equipe de dirigentes foi recebida pelo prefeito Edvaldo Nogueira e à tarde houve uma reunião com 15 dos 24 coordenadores das Escolas Municipais.

Vera Oliveira, presidente do Sindipema, diz que movimento está forte (Foto: Arquivo Infonet)

No encontro desta tarde os professores solicitaram aos coordenadores apoio para o boicote ao desfile cívico das escolas no dia 28 deste mês. Todos os presentes manifestaram adesão ao ato. “O movimento está muito forte. Só há uma escola funcionando totalmente e outras quatro de forma parcial. Não houve avanço nas negociações. Hoje o prefeito apresentou a mesma proposta da última reunião: recuperação de perdas e alteração da carreira. Mas não haverá nenhuma solução imediata e tampouco o pagamento do piso”, lamenta a presidente do Sindipema.

Ela disse, ainda, que o sindicato apresentou um estudo do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese) contestando o parecer do prefeito de que a administração municipal não tem caixa para pagar o piso salarial à categoria. “Ele insiste em dizer que não há caixa para pagar. Mas tivemos a assessoria técnica do Dieese na reunião, provando que o município tem, sim, condições de pagar o piso”, ressalta.

Nesta sexta-feira, 5, os professores realizam uma nova manifestação no Encontro Regional de Educação, que será realizado na capital. Na segunda-feira, às 9h, haverá uma nova assembleia, na sede do sindicato.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais