Professores estaduais e municipais paralisarão atividades no dia 18

0
Segundo o Sindicato dos Professores (Sintese), a paralisação faz parte de um conjunto de lutas contra a defasagem do ensino público (Fotos: Portal Infonet)

Aderindo a uma agenda nacional de paralisação, os professores das redes municipal e estadual decidiram paralisar suas atividades no próximo dia 18 de março. A decisão foi tomada após uma assembleia conjunta entre professores municipais e estaduais realizada durante a manhã desta sexta-feira, 06, no Centro Histórico e Geográfico de Sergipe. Segundo o Sindicato dos Professores (Sintese), a paralisação faz parte de um conjunto de lutas contra a defasagem do ensino público.

“A Assembleia que deliberamos faz parte de uma agenda de luta contra o desmonte da educação que está em curso pelo atual governo do estado, que, inclusive, tem impactado não só nas escolas estaduais, mas também nas municipais”, resume o professor e vice-presidente do Sintese, Roberto Silva. Ainda segundo o sindicalista, o objetivo é que todo o mês de março seja dedicado manifestações e deliberações.

Assembleia ocorreu na manhã desta sexta-feira, 6

“Precisamos defender o ensino público”, afirma Roberto. Ele explica ainda que é um dos intuitos dessa paralisação é procurar entender qual a política pedagógica das secretarias de educação. “Essas políticas interferem na vida do trabalhador. É importante um debate”, defende.

O Governo do Estado de Sergipe informou, através da Secretaria de Comunicação, que a agenda de manifestação dos professores está vinculada à tramitação das novas regras do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), e, portanto, é algo que compete a esfera federal.

por João Paulo Schneider 

Comentários