Professores fazem ato e pedem prioridade na vacinação

0
Ato dos professores é pela defesa da vida, da saúde e da vacina (Foto: Sintese)

Professores da rede pública de ensino realizaram um ato em defesa da vida e da vacina em frente ao Palácio de Despachos. A categoria pede ao Governo do Estado que acelere a vacinação em Sergipe, e que priorize a imunização dos trabalhadores em educação no Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19.

Professores fizeram ato em frente ao Palácio de Despachos pedindo priorização na vacinação (Foto: Sintese)

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Sergipe (Sintese) entende que o Governador tem autonomia estabelecida pela Constituição Federal para incluir os trabalhadores da educação na lista de prioridades junto aos idosos e aos profissionais de saúde que trabalham na linha de frente da Saúde contra a Covid-19.

“Hoje é um dia nacional de luta pela vida, pela saúde e pela vacina. Queremos que o governador Belivaldo Chagas adote uma política mais efetiva de vacinação do povo sergipano, e que priorize a vacinação dos trabalhadores da educação. Não há como pensar em retorno das aulas presenciais, sem que aconteça uma vacinação em massa dos trabalhadores em educação e dos estudantes com idade para receber a vacina”, enfatiza Ivonete Cruz, presidente do Sintese.

Governo

O Governo do Estado informou que as aulas da rede estadual voltaram on-line no último dia 22, e que o Estado está fornecendo internet gratuita para 150 mil alunos e todos os nove mil professores da rede. Ainda segundo Governo, foram investidos mais de 30 milhões em tecnologia , cerca de 7 milhões em Internet e 50 milhões repassados diretamente para escolas fazerem as adequações para a volta presencial, quando houver condições sanitárias para isso. Há uma previsão para o retorno das aulas presenciais no dia 5 de abril, mas ainda haverá uma nova avaliação no dia 31 de março.

Sobre a vacinação, o Governo informou que obedece ao Plano Nacional de Imunização que determina neste momento, a vacinação dos idosos e dos profissionais de saúde da linha de frente de combate ao Covid-19. O Governo reafirma que trabalha e busca junto ao Ministério da Saúde, o envio de mais imunizantes para Sergipe, além de tratativas para a compra inicial de 400 mil doses de vacinas já autorizadas pela Assembleia Legislativa,  aguardando posicionamento da Anvisa e do Governo Federal .O objetivo principal, segundo o Governo, é ter vacinas para todos os sergipanos.

Por Karla Pinheiro

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais