PSS da Educação: 200 professores foram convocados

0
A convocação segue até o próximo dia 20 (Foto: Ilustrativa Arquivo Infonet)

Segue até o próximo dia 20 o prazo para que candidatos que participaram do último processo seletivo simplificado (PSS) – realizado em 2016 – para atuar como professor, na rede pública de ensino de Aracaju, façam a inspeção de saúde e entreguem os documentos exigidos no edital. Este é o sexto e último chamamento relativo a este processo, através do qual a Prefeitura de Aracaju já convocou mais de 750 educadores. De acordo com o diretor do Departamento de Gestão de Pessoal (DGP), Jeilson Santos Anunciação, os 200 candidatos convocados irão atuar em mais de 40 unidades da rede.

“São temporários que atuarão como professores pedagogos dos anos iniciais – do 1º ao 5º – e por componente curricular, isto é, das demais disciplinas, como Geografia, História, Português, nos anos finais, do 6º ao 9º”, informou. Segundo ele, os candidatos listados serão convocados para a efetivação da lotação à medida que os atuais professores temporários tiverem seus contratos encerrados. “Este foi um processo iniciado na gestão anterior e nós conseguimos garantir aos candidatos a agilidade no tempo de convocação e lotação para atuar na nossa rede”, destacou o diretor do DGP.
Trabalho e dignidade
O impacto da convocação na vida desses 200 educadores é imenso. Formada há dois anos, e desempregada há um ano e seis meses, Ana Carla Castro Neri comemorou ao ver seu nome na lista de convocados. “Eu me inscrevi, mas como fiquei na colocação 604, não acreditava que seria chamada. Foi uma surpresa tão grande que, na hora que vi meu nome na lista, não sabia se ria ou se chorava de emoção”, disse, enfatizando que vai dar o melhor de si. Ana Carla foi convocada para o cargo de professora de Educação Infantil, do 1º ao 5º ano.
Quem também ansiou pela convocação foi Judivan da Silva Santos. “Eu cheguei a pensar que não haveria mais convocações, mas esta lista saiu num momento muito bom, quando estou desempregada desde que saí da escola particular na qual trabalhei até seis meses atrás. Desde que saíram as primeiras convocações, eu sempre ficava telefonando para saber se meu nome estava nas listas. Nunca perdi a esperança de ser chamada”, falou. Ainda de acordo com Judivan, o Processo Seletivo oportuniza aos profissionais capacitados a inserção no mercado de trabalho.
De acordo com o Jeilson Assunção, a Secretaria Municipal da Educação (Semed) já solicitou a abertura de um novo processo seletivo simplificado. “No momento, a demanda está em tramitação no Comitê de Gestão da Prefeitura de Aracaju, com perspectiva de que seja finalizado ainda esse ano. E também estamos, paralelamente, realizando um estudo de viabilidade para a realização de um concurso público para o magistério”, informa.
Fonte: PMA
Comentários