Reta final: veja dicas de como se preparar para a redação do Enem

0
Professora de redação, Pamela Abdallah (Foto: Arquivo Pessoal de Pamela Abdallah)

A prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acontecerá em dois domingos consecutivos deste mês, dias 17 e 24 de janeiro. Com temas e propostas argumentativas inesperadas, a redação, que será aplicada no primeiro domingo, costuma ser a mais temida pelos estudantes. 

Segundo a professora de redação Paloma Abdallah, existe um motivo simples, porém desafiador, pelo qual os estudantes ficam temerosos com esta modalidade. “Nas outras áreas do exame, o estudante consegue marcar um ‘x’ no argumento mais convincente e pode recorrer a uma resposta. Já na redação, é apenas o estudante, um papel em branco com trinta linhas e uma proposta argumentativa para ser dissertada”, explica.

A ansiedade, segundo a professora, é um fator que surge no estudante pela associação de que ele só terá um bom desempenho na redação caso já tenha trabalhado o tema proposto antes. “O estudante acha que vai se sair bem se ele já tiver escrito uma redação com o mesmo tema, e aí gera toda uma ânsia por tentar adivinhar qual será a proposta dissertativa, porém não há como prever, é sempre algo inesperado”, comenta.

Como se preparar para dissertar

Nesta reta final, o recomendado pela profissional é que a ansiedade por não saber qual é o tema e o medo de fracassar sejam deixados de lado para que algumas dicas que ajudarão o estudante a dissertar de uma forma melhorar sejam seguidas.

Para escrever uma boa redação, Pamela Abdallah menciona que ler os textos construídos anteriormente para consolidar a forma de escrita do estudante é um bom primeiro passo. Após isso, a criação de repertórios socioculturais e a organização de referências por eixos temáticos deixarão o estudante seguro e com uma carta na manga. “Separar e organizar esses repertórios pelas temáticas de saúde, educação, cultura, direitos humanos, entre outros temas recorrentes na sociedade, deixará o estudante preparado”, pontua.

Além desses passos, a professora destaca que dar uma olhada nas discussões e marcos relevantes de 2020 também é um bom passo para a preparação do estudante nesta reta final. “O que diferencia um bom texto das demais redações é a visão que o estudante tem do mundo, a qualidade dos argumentos e das referências que ele usa e a verdade que ele coloca no texto com base na vivência e no aprendizado que ele teve sobre a temática”, detalha. “De resto é aplicar tudo aquilo que foi treinado e buscar atender aos critérios de correção do exame”, completa.

Segundo a professora Pamela Abdallah, é importante para o estudante manter a calma e lembrar que o tema proposto faz parte de uma problemática social. “Ler com muita atenção os textos motivadores, lembrar que eles são a bússola do estudante na hora da dissertação e escrever sem mudar a estrutura do texto que já se tem o costume de produzir são pontos básicos para a construção do texto”, ressalta.

Para este Enem, a professora deixa o seu palpite sobre a proposta temática da edição. “Acredito que pode ser uma proposta dentro do eixo da saúde, educação ou meio ambiente”, palpita. “Mas mesmo com tantos palpites, o ideal é ir sem expectativas e com o coração aberto”, completa.

Por Isabella Vieira e Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais