Unit debate inclusão da Pessoa com Deficiência no mercado de trabalho

0
A roda de conversa neste dia 6 de setembro, às 10h, no Campus Farolândia (Foto: Arquivo Infonet)

Em alusão ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, celebrado em 21 de setembro, a Universidade Tiradentes – Unit – inicia sua programação com palestras de representantes do Ministério do Trabalho, Receita Federal e do Instituto Pedagógico de Apoio a Educação dos Surdos de Sergipe (Ipaese). Será uma roda de conversa neste dia 6 de setembro, às 10h, no Campus Farolândia, bloco G – auditório A. O encontro tem o objetivo de sensibilizar gestores quanto à importância do PCD no mercado de trabalho.

Segundo a Lei de Cotas (Lei nº 8213/1991), se a empresa tem entre 100 e 200 empregados, 2% das vagas devem ser garantidas a beneficiários reabilitados e pessoas com deficiência. A porcentagem varia de acordo com o número total de contratados, chegando a um máximo de 5% caso haja mais de 1.001 funcionários.

A Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Lei nº 13.146/2005) também será discutida entre os pares. Para a diretora de Gente e Carreira da Unit, Patrícia Junquilho, o momento serve de inspiração. “Sentimos a necessidade de compartilhar esse momento com a sociedade pela importância que o tema possui para o desenvolvimento social. A participação de empresas na contratação de PCDs pode transformar o cenário”, afirma.

Pessoa com deficiência

No próximo dia 25, a Unit dá continuidade à discussão da temática na edição 2018 da feira de estágio e empregabilidade, a Tiradentes Mercado. A temática central deste ano será a importância da inclusão de PCDs no mercado de trabalho não pensando apenas na função social, mas no diferencial que cada profissional representa em sua área de atuação e na posição no mercado.

Em breve a programação da Tiradentes Mercado estará disponível no site: www.unit.br/eventos .

Fonte: ascom UNIT

Comentários